FOTO-MAURO-COELHO-IF-19-11-2015..-98

O Campus Senhor do Bonfim – do IF Baiano, realizará a formatura da 1ª turma do Curso Técnico de Agrimensura em 15 de dezembro de 2015 . A cerimônia acontecerá no Auditório do Campus, a partir das 19 horas e contará com a presença de professores, autoridades locais e familiares.

A primeira turma do Curso Técnico de Agrimensura contará com 14 formandos e terá o nome do Agrimensor Pedro Salvador de Oliveira (in memorian).

O curso Técnico em Agrimensura do Campus Senhor do Bonfim foi criado em 2013 e desde então as atividades relacionadas às geotecnologias foram sendo cada vez mais priorizadas. O campus Senhor do Bonfim foi o primeiro campus de um Instituto Federal imageado por um VANT. O Campus possui Mapa Cadastral e Cadastro Predial atualizados, além da área Georreferenciada, nos termos da Lei 10.267/01 e Norma técnica do INCRA. Foi neste Campus que aconteceu, em 2013, o primeiro voo do VANT adquirido pelo IF Baiano. E a propósito das ações de vanguarda nas áreas das geotecnologias, o IF Baiano foi o primeiro Instituto Federal a adquirir um VANT, para ser utilizado no mapeamento multifinalitário dos Campi, no âmbito do Projeto do Atlas Digital do IF Baiano, bem como em atividades de ensino, pesquisa e extensão.

O Campus possui também o maior e mais bem equipado Laboratório de Geotecnologias da Bahia, subdividido em três núcleos – Geodésia e Topografia, Aerofotogrametria e Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento – com computadores de última geração, além de softwares de automação topográfica, pós-processamento GNSS e, principalmente o pacote de softwares da AUTODESK, recebido em concessão por reconhecimento/apoio ao Projeto do Atlas Digital, além de diversos equipamentos para as aulas práticas de topografia e geodésia – estações totais, receptores GNSS com RTK, níveis, teodolitos etc.

É no Campus Senhor do Bonfim que acontece um dos maiores eventos de Geotecnologias da região Nordeste – O Geobonfim! Tradicional pelo alto nível dos palestrantes, o evento reúne, a cada ano, professores e pesquisadores de todas as regiões do Brasil em torno das discussões sobre Geotecnologias e Gestão Socioambiental Sustentável no Semiárido Brasileiro.

Fonte: mundogeo