jac

A Polícia Civil de Jacobina realizou a prisão de um homem identificado como Kleber Pinheiro dos Santos, no Distrito de Novo Paraiso em Jacobina, sob acusação de venda irregular de combustível. A prisão se deu após denuncias anônimas de que o acusado acondicionava em sua residência, localizada na Trav. Santa Rosa de Lima, certa quantidade de combustível que era comercializado abaixo do preço de mercado.
Durante a abordagem, os policiais encontraram em um dos cômodos da casa do acusado 28 litros de combustível que estava guardado em garrafas pet. Kleber negou que vendesse combustível e alegou que o que estava em sua casa era para o abastecimento de seus veículos. Diante da situação Kleber foi preso e liberado na noite do sábado mediante pagamento de fiança. Segundo a polícia, o material foi encaminhado para perícia. Em contato com a delegacia fomos informados que o caso segue sob investigação.
O acusado foi enquadrado no ARTIGO 1º, INCISO I , DA LEI Nº 8.176 /91, que diz Constituir crime contra a ordem econômica adquirir, distribuir e revender derivados de petróleo, gás natural e suas frações recuperáveis, álcool etílico, hidratado carburante e demais combustíveis líquidos carburantes, em desacordo com as normas estabelecidas na forma da lei;em casa habitada ou destinada a habitação. O delegado citou que, mesmo que não seja comprovado que o acusado vendia o combustível, ele também estaria cometendo crime pois armazenar combustível é crime ambiental, de acordo com o artigo 56 da Lei 9.605/98.

Na ocorrência policial consta que o acusado trabalha como motorista de transporte escolar. Foi informado que Kleber também trabalha como assessor do vereador licenciado e atual Secretario Municipal de Planejamento de Jacobina, Clériston Alves.Fonte: Bahia Acontece.