CARNEIRO

1ª Feira de Negócio e as Unidades Demonstrativas do Viver Bem no Semiárido marcam inovações do evento

Tamara Leal

A 27ª Exposição Agropecuária de Senhor do Bonfim (Expobonfim), realizada de 17 a 20 de julho, é considerada pelos organizadores e apoiadores a melhor edição dos últimos anos. O evento movimentou cerca de R$ 3 milhões entre leilões e comercialização de animais nas argolas, baias e currais, além de implementos e produtos regionais.

 

A diferença principal entre esta e a última Expobonfim que aconteceu em julho de 2013, foi a realização da 1º Feira de Negócio organizada pelo Sebrae com exposição e comercialização de produtos da agricultura familiar, cooperativas, associações e micro empresas da região. Além de expositores de toda à região, estados como Tocantins e Pernambuco estiveram representados através dos seus produtos.

 

o presidente da Cooperativa de Produtos Agropecuários de Giló e Região (Coopag), do município de Várzea Nova, Fred Jordão de Souza, a 1ª Feira de Negócio alcançou seu objetivo. “Contabilizamos excelentes vendas, divulgamos nossos produtos e estabelecemos contato com futuros fornecedores, a exemplo de produtores de leite de Quicé”. A Coopag produzem iogurte, bebida láctea, manteiga e polpa de frutas.

 

Conhecimento

Apoiadores do evento, o Sebrae e a Faeb/Senar também inovaram com as Unidades Demonstrativas do Programa Viver Bem no Semiárido. Mais de 400 agropecuaristas visitaram o local, 260 destes vieram em caravana dos municípios de Mirangaba, Mairi, Baixa Grande, Filadélfia, Andorinha e de Senhor do Bonfim, especialmente para participar das oficinas, visitas técnicas e palestras.

 

Para o gerente regional do Sebrae, Geronilson Ferreira, a instalação das Unidades Demonstrativas do Viver Bem no Semiárido confirma o propósito da entidade de levar conhecimento aos agropecuaristas. “Mostramos que é possível realizar ações duradouras e impactantes, se antecipando aos problemas de estiagem tão comuns em nossa região”.

 

Os agricultores do Viver Bem no Semiárido visitaram propriedades rurais nos distritos de Quicé e Carrapichel, município de Senhor do Bonfim, para observar de perto experiências bem sucedidas na produção de leite, captação de água e reserva alimentar. O espaço ainda contou com praça de alimentação, stands e shows com atrações culturais e artistas locais.

 

Segundo o presidente do Sindicato do Produtor Rural de Senhor do Bonfim (Sindprorural), Ivo Alberto Santiago, a expectativa foi superada e o evento um sucesso. “Pelas inúmeras avaliações positivas que recebemos dos visitantes, expositores e apoiadores, estamos convictos que esta foi uma das melhores exposições já realizadas em nosso município”.

 

A Expobonfim é uma realização do Sindprorural e da Associação de Caprinos e Ovinos da Microrregião de Senhor do Bonfim (Acoosb), com o apoio também do Governo do Estado, Agência Estadual de Defesa da Agropecuária da Bahia (ADAB), Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/Faeb), Cooperativa Mista dos Produtores de Leite de Quicé (Coopleq) e a Associação dos Produtores de Leite de Quicé (Apleq).

 

Viver Bem no Semiárido
O projeto Viver Bem no Semiárido visa contribuir, a partir da sua disseminação e aplicação, à promoção do desenvolvimento rural sustentável do semiárido, impulsionando, através da difusão de tecnologias de convivência com o semiárido, o aumento da produtividade, da capacidade gerencial e da rentabilidade dos negócios rurais em sintonia com as necessidades do homem e do meio ambiente.

 

Agência Sebrae de Notícias Bahia