• Lúcio Távora | Ag. A TARDE

    Deputado Capitão Tadeu assumiu liderança do movimento da PM

Em moção de repúdio enviada à tropa pelas redes sociais, nesta sexta-feira, 18, o deputado Capitão Tadeu Fernandes orienta que os policiais militares suspendam as atividades imediatamente, até que o governo providencie a soltura de Prisco.

Segundo Capitão Tadeu, o governo traiu a boa vontade dos policiais militares ao mandar prender Prisco um dia após o acordo que pôs fim à greve. O parlamentar afirmou que saiu da condição de moderador para assumir a função de liderança do movimento.

>> Veja mais notícias sobre a greve da PM

A assessoria da Secretaria de Segurança Pública da Bahia informou que assegura o cumprimento de todos os itens do acordo firmado com as associações representativas da Polícia Militar (PM). Esclarece também que não participou da operação de cumprimento do mandado de prisão do vereador de Salvador, Marco Prisco Caldas Machado.