pedro henrique e ronaldo

Nesta terça-feira (11), estiveram no programa jornalístico do meio dia Espaço Livre, na Rádio Paiaiá FM, os vereadores Ronaldo (PTB) e Pedro Henrique (PDT). Fizeram várias denúncias graves contra o atual gestor, o prefeito municipal de Caldeirão Grande João Gama Neto (PT) conhecido como “Netinho”.

 O vereador Pedro Henrique (PDT), levantou  vários assuntos, como por exemplo: A” gastança” com reforma em vários colégios no município, tanto na sede como também nos distritos, e o que mais intrigou o vereador foi os altos valores gastos. Também falou de não ter notícias que esses colégios tenham sido reformados. Outra coisa levantada pelo vereador foi uma relação de pessoas que foram nomeadas no município de Caldeirão Grande, como: Drª Lidia Cristiane Oliveira Mesquita como advogada recebendo o valor mensal de R$ 2.000,00 (Dois mil reais) e Glecia Baltar, contratada como procuradora municipal, recebendo o valor mensal R$ 3.000,00 (Três mil reais), essa ultima é esposa do vereador Tati. Mas o interessante é que esses funcionários não moram no município de Caldeirão Grande, e que não exercem suas funções nos seus determinados locais de trabalho, mas estão recebendo os seus salários. Esse procedimento não pode caracterizar funcionário fantasma? Indagou o vereador Pedro Henrique. Enquanto isso, o prefeito vem demitindo pessoas que estavam trabalhando, dando o duro e marcando ponto, finalizou mesmo.

O vereador Pedro Henrique falou ainda que o prefeito prometeu no período eleitoral que o município iria crescer e que o dinheiro iria circular no próprio município, mas o que se nota é que o prefeito vem fazendo o inverso, um dos exemplos é uma compra de material de construção adquirido em uma empresa no município de Saúde no valor de R$ 6.379,00 (Seis mil trezentos e setenta e noventa reais), no mês de março.

O vereador Ronaldo (PTB), falou da farra dos gastos com advogados, e que o total fica aproximadamente em trono dos R$ 31.500,00 (Trinta e um mil e quinhentos reais), e que esse dinheiro dava para contratar em trono de cinquenta funcionários com o valor de um salário mínimo.

Ronaldo voltou a fazer duras criticas em relação a área da saúde. Além do péssimo atendimento por falta de profissionais, tanto no hospital como nos PSF’s, vem faltando remédios. O vereador Ronaldo falou do gasto excessivo com passagens de ônibus para Salvador na  empresa Real Falcão, e que já fez contato com várias pessoas que constam o nome na relação das passagens e as mesmas disseram ao vereador que nunca fizeram essa viagem.

Depois o vereador Pedro Henrique voltou a falar sobre  uma funcionária que foi nomeada em duas funções, sendo lotada como secretária do gabinete do prefeito e também como professora do município, como é que uma pessoa pode ser nomeada em duas funções?

No final os dois vereadores agradeceram pelo espaço cedido e que no momento próximo estarão à disposição para voltar a  participar do programa. www.paiaiafm.com.br