Criação da semana da consciência negra

Foi dado entrada na mesa da Câmara na sessão desta quinta-feira dia 08, o projeto de lei do Legislativo de autoria do vereador Carlos de Tijuaçu do PHS, de Nº 012/2012, que cria a semana da consciência negra, culminando com o ponto facultativo no dia 20 de novembro data da celebração.

Falta de policiamento no distrito de Quicé

O Vereador Gerivaldo Sampaio do PSC, lamentou a retirada do policiamento e das viaturas no distrito de Quicé, segundo o edil muitas ações de violências vem ocorrendo naquela localidade e que o 6º batalhão ainda não se posicionou sobre esse problema e que o mesmo espera maior sensibilidade por parte do Tenente Cel. Anselmo Bispo, comandante do 6º Batalhão da policia militar em nosso município.

Geri lamentou ainda os problemas como as péssimas estradas vicinais, falta de abastecimento d’água, bem como a deficiência no atendimento médico.

O edil falou ainda do sofrimento do homem da zona rural, que vem acumulando percas constantes com morte de animais, resultado da longa estiagem e sem nenhum apoio por parte do governo do estado.

Brasil tem uma divida histórica com o negro

Ao comentar o seu projeto que cria a semana da consciência negra, o vereador Carlos de Tijuaçu do PHS, disse que o Brasil tem um compromisso com os negros do país por tantos anos de preconceitos e indiferenças.

O edil agradeceu ao prefeito Paulo Machado pelo reinicio da abra de construção do calçamento do Beco do Otacílio e o calçamento da rua do chafariz, sendo seguindo edil belíssimos presentes para a comunidade negra do distrito de Tijuaçu.

Governo e entidades serão ouvidos

O Presidente em exercício vereador Helson de Carvalho do PMDB, disse que aquela casa legislativa vai dividir as responsabilidades do projeto de lei que cria o ponto facultativo o dia 20 de novembro e que era necessário um parecer do prefeito municipal, associação comercial, CDL e sindicato do comercio, assim seria levado para dicurssão e aprovação do referido projeto.

Manifesto dos Servidores demitidos

O Vereador Ivan Barbosa do PT, leu na tribuna da Câmara um manifesto dos servidores demitidos pelo executivo,que cobram a reintegração uma vez que as demissões foram irregulares.

 

 

 

Coleta de lixo precária no Município

O Vereador Bel do PSB, falou do abandono em que se encontra o município com a caótica coleta de lixo e pede providencias urgentes por parte do executivo.

Brasileiro mente na mídia

O Vereador Laércio Muniz do PTN disse que o deputado Carlos Brasileiro utiliza das emissoras de Rádio para mentir, dizendo que esta mandando asfalto para cidade de Juazeiro enquanto para o seu distrito de quicé não leva nada.

Laércio disse ainda que no município de Senhor do Bonfim todas as obras do deputado estão todas paradas exemplo: CSU, Mercado Municipal e que nada tem feito para ajudar o povo pobre que sofre com a seca. Laércio perguntou ainda pelas obras do aeroporto, parque da cidade entre outras que nunca saíram do papel.

Distribuição de água na zona Rural

O Vereador Helson de Carvalho do PMDB utilizou a tribuna da Câmara, para reforçar o convite a promotora de justiça, gerente da embasa e do prefeito municipal, para discutir a melhor maneira de gerenciar a distribuição de água na zona rural do município.

Helson disse ainda que na época da derrota de Paulo Souto para Vagner, o ex-prefeito Carlos Brasileiro e a então secretária Maria Gorete demitiram todos os servidores que votaram contra o governo da mesma forma que esta acontecendo agora e na época o vereador Ivan não se manifestou por quer?

O Edil disse ainda, que Brasileira mente quando diz que os cargos deixados por Adolfo Meneses agora prefeito de Campo Formoso serão dele agora, segundo Helson essas informações foram negadas por Adolfo que garante que permanecerá com os cargos em Senhor do Bonfim inclusive do DETRAN.

 

ASCOM/CÂMARA DE SENHOR DO BONFIM

EM 08/11/2012