O presidente da Câmara de Vereadores de Senhor do Bonfim, havia garantido na semana passada, que as contas do ano de 2001, de responsabilidade do ex- prefeito Carlos Brasileiro, e rejeitadas através de parecer prévio do TCM, seriam colocadas na ordem do dia na última terça(24), o que não aconteceu.

O estranho, é que na sessão marcada para hoje(26), as contas também não vão entrar no expediante normal. Segundo informações, Biro-Biro, que está em Salvador, teria informado, que somenta na próxima quinta(03), é que as contas entrariam na pauta.

A câmara já localizou a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia. Irritado com a demora, o vereador Laércio Muniz(PTN), vai entrar através dos seus advogados com um mandado de segurança, para que a câmara cumpra a decisão judicial.

Agora é esperado um novo capítulo de debates entre o vereador Muniz, e a mesa da câmara.