Valendo por uma conquista de todos os municípios do Território Piemonte Norte do Itapicuru, o presidente do Consórcio Público Intermunicipal, Paulo Machado, recebeu, ontem, das mãos do titular da SEDIR – Secretária de Desenvolvimento e Integração Regional – Wilson Brito, o Edital de Tomada de Preços que garante a contratação de empresa para construir uma Unidade de Beneficiamento de Leite, Queijo, Manteiga e Iogurte no município.  

Breve e representativo, o protocolo ocorrido na Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim teve a participação da CAR – Companhia de Desenvolvimento Regional representada pelo coordenador de projetos Atahualpa Durão e o superintendente Dernival Oliveira, a Cooperativa Mista Agropecuária de Senhor do Bonfim, foi representada pelo seu presidente José Ranulfo Guimarães.

Queijeiros – Lembrando que o presente edital é fruto de três anos de luta iniciada em 2009 para solucionar dificuldades de pequenos produtores e negociantes de derivados de leite, o secretário municipal Raimundo Freitas referiu-se à importância do laticínio para a Agricultura Familiar e em geral para os produtores da agropecuária regional. 

Setembro – O Edital é uma continuidade ao convênio anteriormente celebrado entre SEDIIR, CAR e Cooperativa, conduzida pelo Consórcio e tendo a FUNCEP como fonte de recursos. O valor de R$ 654 mil (cerca de 70% do total) depositado na conta da Cooperativa, entidade gestora, será destinado ao pagamento da primeira etapa de construção da usina, em serviços de engenharia, no terreno adquirido em frente à subestação da Chesf, em Senhor do Bonfim. De acordo com o secretário Wilson Brito, a obra deve se iniciar em fevereiro e terminar no prazo de 180 dias, provavelmente em setembro, quando será entregue aos produtores de Senhor do Bonfim e da comunidade territorial.

Atores atuantes nos fóruns do Território, presentes ao protocolo, tal Raimundo Costa (secretário), Bernadete Rocha (coordenadora), Paulo Roberto (secretário de Agricultura, de Andorinha) e Yon Leite Fontes (secretário executivo do Consórcio Intermunicipal) atribuíram que a industrialização do leite fortalece essa cadeia produtiva e a economia rural da região. Também o presidente da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Senhor do Bonfim, Gaudêncio Duarte, manifestou que “o processo industrial do leite favorece o desenvolvimento da agropecuária regional”.

No final do ato, o presidente do Consórcio reafirmou que em sua concepção de desenvolvimento, o beneficiamento do leite não se resume à simples idéia de uma central em Bonfim recolhendo leite da região. O nosso projeto prevê a agregação de valor, através da industrialização do queijo, requeijão, manteiga, iogurte e até do doce de leite, num processo distribuído e coordenado em que haverá um tanque resfriador em cada município do território e o carro tanque regularmente atendendo ao escoamento do produto. “Não estamos para inaugurar uma usina; o que estamos é resolvendo problemas de uma cadeia produtiva que afeta a vida de muitas famílias de Bonfim e das nove cidades do Território.”

O Edital, tem o número 01/2012 , prevê o próximo dia 8 de fevereiro para abertura de propostas pode ser adquirido na Cooperativa Mista Agropecuária, em Senhor do Bonfim ou na Comissão de Licitação da CAR, no Centro Administrativo, em Salvador.

Ascom