Após ter sido renovada pela metade em 2011, quando ingressaram novos deputados, a Assembleia Legislativa pode passar por outras modificações em seu quadro de representantes diante da expectativa de que pelo menos oito deputados entrem na disputa das eleições para as prefeituras em suas bases eleitorais, no interior baiano.

Maior bancada da Assembleia, o PT também lidera nas especulações de pré-candidaturas. A sigla já confirmou que buscará seu espaço na eleição de Feira de Santana e oficializou a escolha em torno do líder do grupo governista na Casa, o deputado Zé Neto. Além dele, cogita-se os nomes dos deputados, Joseildo Ramos para o município de Alagoinhas; Carlos Brasileiro deputado e atual secretário estadual de Desenvolvimento e Combate a Pobreza para concorrer em Senhor do Bonfim; Joacir Dourado em Irecê, e o líder da bancada Yulo Oiticica em Valença. Quem confirma esse cenário é o próprio Yulo, que não descarta haver mudança na condução da política pelo partido em alguns municípios.

Partido novo na Casa, o PSD, segunda maior bancada já tem três nomes que concorrerão no interior: os deputados Temoteo Brito em Teixeira de Freitas, Rogério Andrade em Santo Antônio de Jesus e Claudia Oliveira em Porto Seguro. Claudia que tem o marido prefeito em Eunápolis mudou de domicílio eleitoral para entrar com todas as armas em uma das cidades mais famosas da Bahia.

Caso sejam eleitos, o PSD deverá reduzir a sua representação na Casa para oito parlamentares. “Evidente que você perde, mas também não deixa de ser uma forma de consolidar o partido nas bases. Até porque se trata de municípios importantes e com boa densidade eleitoral”, enfatizou.

Com nomes já oficializados pelo partido ou presentes nas especulações, vários são os deputados que estão em alta na bolsa de apostas para as eleições de 2012. Além dos petistas e pessedistas, surgem como possíveis postulações nas disputas municipais, o deputado Luizinho Sobral (PTN) em Irecê; Eures Ribeiro (PV) em Bom Jesus da Lapa; Capitão Tadeu (PSB) e Deraldo Damasceno (PSL) em Salvador; Sargento Isidório em Candeias; Euclides Fernandes em Jequié; Mário Negromonte Jr. em Paulo Afonso; Roberto Carlos em Juazeiro; Fabrício Falcão em Vitória da Conquista; Cacá Leão em Lauro de Freitas.

(Tribuna da Bahia)