Faleceu em Salvador, nesta quarta-feira (04) no Hospital Cidade, a emérita Professora Olga Campos de Menezes, uma figura emblemática da História da Educação da Bahia e de Senhor do Bonfim. Seu corpo, velado na capela G do Jardim da Saudade, descerá à sepultura às 17 horas desta quinta-feira (05).


O governo municipal se une à dor de seus familiares e de todos os bonfinenses, declarando luto oficial por três dias, devendo a municipalidade evitar eventos pomposos e hastear as bandeiras a meio-pau. Em outras reuniões deverá ser lida a crônica abaixo, para que as novas gerações percebam a importância histórica e educacional daquela que ora pranteamos:

Professora Olga Campos de Menezes

 

A professora Olga Campos de Menezes nasceu na cidade de Curaçá, Estado da Bahia, aos 03 de dezembro de 1918, filha de Jonas Nogueira Campos e Erotides Argentina de Menezes.

 

Estudante exemplar concluiu o Curso Pedagógico de Nível Médio no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, de Petrolina, Pernambuco,em 1935. Concluiria o Curso Superior de Pedagogia na Universidade Católica de Salvador, em 1960.

 

Aprovada em Concurso publico para professora primária, em Salvador, em 1936, movida pelo amor à Educação exerceu o magistério inicialmente na cidade de Jeremoabo. Alguns anos depois foi transferida para a Escola Estadual do Salitre, no município de Juazeiro, onde marcou época transformando como educadora a vida das famílias locais. A seguir foi professora no Distrito de Carrapichel ao longo de 17 anos, sendo posteriormente transferida para Serrinha e Salvador, tendo lecionado no bairro do Uruguai.

 

Sua competência enquanto educadora pode ser sentida em sua história profissional: além do magistério em escolas estaduais, Professora Olga foi professora secundária no Colégio São Salvador, tornando-se diretora proprietária do mesmo; lecionou no Instituto Normal da Bahia até a sua aposentadoria; Por muitos anos exerceu a Função de Diretora do Ensino de Salvador, nomeada pela Secretaria Estadual de Educação da Bahia; exerceu a função de assessora do Secretário Estadual de Educação; Diretora de Ensino do Interior da Bahia, foi Diretora Fundadora do Colégio Estadual de Senhor do Bonfim, da Faculdade de Educação do Estado da Bahia, FESB, atual Campus VII da Uneb e Diretora Fundadora da Faculdade Católica instalada em Senhor do Bonfim; Responsável pela Fundação do Colégio Isabel de Queiroz, exerceu também a função de Secretária Municipal de Educação de Senhor do Bonfim.

 

Presidente da Associação dos Professores do Estado da Bahia, construiu a sua sede. Outorgou-se-lhe em 1991 o Título de Cidadã Bonfinense. Recebeu, enfim da Secretaria Estadual de Educação o Título de Educador Emérito.

 

A Bahia, Senhor do Bonfim e a UNEB têm para com a Professora Olga Campos de Menezes uma dívida imensa. Alegra-nos vê-la entre nós e dela aprendermos o espírito pioneiro, dedicado e comprometido com a causa da educação. Ave, Professora Olga Campos de Menezes! Ave, Dona Olga! Os teus alunos e admiradores te saúdam!

 Paulo Machado