Acompanhada do Bispo Dom Francisco Canindé e de fiéis da Igreja Católica, a imagem do padroeiro Senhor do Bonfim foi conduzida às 9h da manhã desta terça(03), a uma das referências mais caras à cultura arquitetônica e à história objetiva da cidade: o prédio da Prefeitura Municipal.

No velho paço, antiga Casa de Câmara e Cadeia, a imagem e a comitiva católica foram recebidas pelo prefeito municipal, auxiliares e pessoas da comunidade. Por cerca de 60 minutos todos participaram de cerimônia religiosa que tradicionalmente ocorre no início de cada janeiro e termina no dia 17 do mês, com a festa de Senhor do Bonfim.

Visitações e missas – A visita à Prefeitura é apenas início de uma peregrinação que, conduzida pelo Bispo, levará a imagem de Senhor do Bonfim a frequentar quase 20 instituições públicas e privadas até o próximo sábado, dia 7. A programação total da festa ao padroeiro está subordinada ao tema: “Senhor do Bonfim: 200 anos marcados pela fé”, instituído pelo Bispado. Na sequência, portanto, a partir do domingo, 08/01, começa a série de nove missas que vai até a segunda-feira, 16/01.

Procissão – Conforme a programação oficial, na terça-feira, no dia 17 de janeiro haverá: Solenidade do Padroeiro Senhor do Bonfim e Benção Apostólica. 06h – Alvorada (com toque dos sinos e fogos em todas as Capelas e Hino do Senhor do Bonfim); 10h – Missa solene presidida pelo Exmº e Revmº Senhor Dom Francisco Canindé Palhano (sob a responsabilidade da equipe de liturgia. 16h – Missa e procissão (roteiro a divulgar), sob responsabilidade do Coral Nossa Senhora e Fátima, Shalom, RCC e grupos musicais.

O que foi dito – Na mensagem da Diocese, o bispo disse que a imagem do padroeiro “entrava primeiro no Palácio Municipal trazendo a bênção à casa do povo, para todo o município, principalmente aos menos favorecidos. O Prefeito Paulo Machado alertou para as condições histórico-culturais do monumento arquitetônico que sedia a Prefeitura. Ele disse que “era lei outrora que a Igreja – naquele tempo uma ermida, hoje uma catedral – não podia distar mais de 500 metros da Casa de Câmara e Cadeia. Por sua forma, história e representação de valores esses prédios são mais do que símbolos. Devem servir à comunidade a qualquer tempo, como neste ato do mais alto significado, chegando a extrapolar a própria fé” – concluiu agradecendo a visita diocesana.     

Presentes: o vice- prefeito Aurélio Soares; seminarista Johnny Borges;  secretários municipais Maria das Neves (Educação), Auzeneide Nunes (Infraestrutura), Cláudio Nunes (Indústria e Comércio), Raimundo Freitas (Agricultura); vereadores João Carlos Bernardes ( Biro-Biro) e Lucia Cerqueira, entre representantes sociais e fiéis da Igreja Católica.     

Fonte: ASCOM