Depois da paralisação das 48 horas, os Agentes Comunitários de Saúde, seguem trabalhando normalmente em Senhor do Bonfim. Mas uma forma de protestar contra Carlos Brasileiro, que insiste em não pagar o piso nacional da categoria, a classe está retendo os cadastros  individuais e domiciliares.

Os agentes que alegam sofrer pressão da Secretaria de Saúde para a entrega dessa coleta, garantem que os dados obtidos continuarão retidos até fiel cumprimento do gestor.

Uma nota foi divulgada pela categoria que manda um recado bem claro para o governo que de maneira insensível, fecha os olhos para o problema.

OS Agentes Comunitários de Saúde de Senhor do Bonfim,  voltando as atividades de visitas domiciliares e cadastros individual e domiciliar do E-SUS, depois da paralisação de 48hs nos dias 10 e 11/02/2020. Mesmo sem ter tido nenhum avanço nas negociação com a gestão, em relação ao repasse do PISO SALARIAL NACIONAL aos ACS do Município.

Mas como forma de continuação do protesto e demonstração da insatisfação da classe com a GESTÃO MUNICIPAL, os ACS não estão repassando os *CADASTROS DOMICILIARES e INDIVIDUAIS,* para a SEMUS do município, até que o impasse do PISO SALARIAL seja resolvido.

_MAS OS PROFISSIONAIS ACS ESTÃO EMPENHADIS NAS SUAS ATRIBUIÇÕES TRABALHISTAS e AO MESMO TEMPO LUTANDO PELOS SEUS DIREITOS! !_