Prefeitura de Jaguarari promove mais um evento de inclusão da pessoa com deficiência

A Prefeitura de Jaguarari, através da Secretaria de Educação em parceria com o Centro de Avaliação e Atendimento de Jaguarari – CAAEJ realizou nesta sexta-feira (18), a 2ª Caminhada por um oceano de Respeito. Esta caminhada teve como objetivo sensibilizar a comunidade jaguarariense sobre a valorização da pessoa com deficiência como ser social ativo e participativo na sociedade.
“Hoje a prefeitura fazendo essa grande ação buscando a inclusão social dessas crianças. Estou aqui muito feliz, vendo o brilho no olhar, o sorriso de cada criança presente. É muito gratificante, ver a gestão municipal fazendo a sua parte”, falou o prefeito Everton Rocha.
O ponto de partida foi a Rua Clementino Cunha, seguiu pelas ruas centrais do município e terminando na Praça Alfredo Viana, em frente à prefeitura, onde alunos das escolas da rede municipal promoveram diversas apresentações culturais e de dança.
“Nós do CAEEJ temos buscado fazer ações como essa, que envolvam toda a sociedade, já que esse processo de inclusão é muito importante. Precisamos nos conscientizar que essas crianças possuem as suas potencialidades e nós buscamos sempre trabalhar essas potencialidades buscando o melhor para eles”, destacou Isabel Cristina, Coordenadora do CAAEJ.
Essa ação contou com a participação de alunos da rede municipal, estadual e particular de ensino.
“Temos que mostrar que nossos filhos precisam da inclusão social junto com as outras crianças e esse apoio dado pela prefeitura é muito importante. Nossos filhos devem ser inseridos na sociedade, participando de todos os eventos e não ficar escondidos em casa” desabafou Agreci Carolina da Silva, mãe de um aluno atendido pelo CAAEJ.
Entre os presentes a caminhada, secretários de governo e o vereador Louri da Barrinha.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Prefeitura de Jaguarari inicia trabalho de medição e topografia para pavimentação de ruas no distrito de Santa Rosa

Na ultima segunda-feira (14), o prefeito de Jaguarari, Everton Rocha, visitou o distrito de Santa Rosa. Durante reunião com o ex-vereador, Marcos Vieira, recebeu das mãos da liderança política local algumas demandas urgentes passadas pelos moradores do distrito, entre elas a pavimentação das ruas: Otávio Mangabeira, Travessa Severiano Alves 1 e 2 e Rua João Borges.
Entendendo a necessidade da população, o prefeito determinou que a secretaria de infraestrutura realizasse os trabalhos de medição e topografia, iniciados desde a ultima quinta-feira (17). O inicio desta ação esta sendo acompanhado de perto pelo secretário de infraestrutura, Fábio Vieira.
“Iniciar mais esta ação em Santa Rosa é pra mim motivo de orgulho, por ser filho desta localidade. Estamos fazendo a topografia para posteriormente iniciarmos a obra de calçamento destas ruas. E é dessa forma, a população pede a prefeitura faz”, falou Fabio Vieira.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Prefeitura de Jaguarari realizou audiência pública para discussão da LOA 2020

A prefeitura de Jaguarari através da secretaria de finanças do município realizou nesta quinta-feira (17), na Câmara de Vereadores, audiência pública para a discussão e elaboração da Lei Orçamentária Anual – LOA, exercício 2020. Entre os presentes secretários de governo, servidores municipais, sociedade civil e vereadores.
Durante a audiência foi explicado a todos os presentes como funciona a LOA e a importância da população em discutir as ações orçamentárias que impactarão no trabalho da administração municipal. A LOA compreende na projeção das metas, prioridades da administração pública, incluindo as despesas e receitas em curto prazo, equivalente ao exercício do próximo ano.
Desta maneira, fiou claro aos presentes sobre a realidade financeira do município, expondo as medidas adotadas pela prefeitura para controlar despesas e para aumentar receita. Além disso, foi explicado todo o processo utilizado para a projeção orçamentária do próximo ano, detalhando valores previstos para o ano de 2020.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Prefeito Everton Rocha visita as obras de reforma e construção do centro cirúrgico do Hospital Municipal de Jaguarari

O prefeito de Jaguarari, Everton Rocha, acompanhado do Secretário de Saúde, Rodrigo Cruz, da coordenadora de enfermagem, Roberta Olimpio, do médico clínico e cirurgião geral, Dr. Amilton Soares e do vereador Dorival Borges, visitou nesta quinta-feira (17), nas dependências do Hospital Municipal de Jaguarari, que atualmente passa por uma reforma completa de toda sua estrutura. Alem da reforma está sendo construído um moderno centro cirúrgico. Vale ressaltar que essa obra está sendo realizada com recursos próprios do município.
“Hoje estivemos aqui visitando a obra de reforma do hospital e as futuras instalações do centro cirúrgico. Pra nós de Jaguarari é um grande sonho, uma grande realização. Pude ver que as obras estão avançadas. A nossa expectativa é de que essa obra seja entregue a população agora no mês de dezembro e que a partir de janeiros possamos realizar pequenas e medias cirurgias em nosso hospital”, ressaltou o prefeito.
Ouça Everton Rocha de blogdowalterley no #SoundCloud

Durante a visita o gestor pode verificar o andamento da reforma, que segundo informaram os representantes da empresa responsável pela obra, não havendo contratempos em breve será entregue para os munícipes um hospital, confortável, moderno e com mais qualidade em seu atendimento.
“A população terá a partir de janeiro um novo hospital, com centro cirúrgico e um moderno centro obstétrico, onde a gestante poderá contar com um acompanhante para auxiliá-la. Estão sendo reconstruídas também as enfermarias que cotarão com banheiros adaptados e exclusivos e um ambiente totalmente climatizado”, falou Dr. Amilton Soares.
Com a conclusão da reforma do hospital e construção do centro cirúrgico poderão ser feitas cirurgias de baixa e media complexidade e as futuras mamães poderão ter seus filhos no próprio município, visto que hoje todas as gestantes acabam se dirigindo a outras cidades a fim de garantir os cuidados obstétricos necessários na hora do parto.

Secretário de Saúde Rodrigo Cruz fala sobre a visita ao Hospital em reformas:

 
Ouça Sec Saúde Rodrigo Cruz de blogdowalterley no #SoundCloud

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Veja o resumo da sessão ordinária da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim desta quinta-feira

Sede da Câmara Municipal de Vereadores de Senhor do Bonfim

Nessa quinta-feira, 17 de outubro, foi realizada a 21ª Sessão Ordinária do 2º Período Ordinário, do ano de 2019, da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim. Conduzida pelo Presidente da Casa, vereador, Cleiton Vieira, com a chamada dos vereadores, onde havendo número legal é declarada aberta a sessão, o Sr. Presidente informa que solicitaram o abono de suas faltas dos Vereadores ANDREILTO DE ALMEIDA e LAÉRCIO MUNIZ DE AZEVÊDO JÚNIOR, cujas justificativas são: Por estar de atestado médico; por estar em viagem oficial a cidade de Salvador-BA Todavia, a Mesa Diretora avaliará. Em seguida, atendendo o Regimento Interno, em seu art. 141, foi encaminhada a ata da sessão anterior aos e-mails de todos os Vereadores, foi colocada em discussão, e ninguém querendo discutir é colocada em votação, sendo aprovada.

Passa-se à leitura do expediente, que consta das seguintes matérias: INDICAÇÃO Nº 001/2019, de autoria do Vereador Jorge Souza e Silva Filho, que “indica a necessidade de se proceder à medidas para viabilizar a pavimentação da rua Maria Betânia, bairro Itamaraty”; PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº 002/2019, de autoria do vereador Otávio Xisto de Souza Júnior, que solicita que “o Poder Executivo Municipal requeira ao DNIT o serviço de reparo da cratera localizada no acostamento da BR Km 407, que fica em frente à Churrascaria Bode Assado do Márcio”; PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº 053/2019, de autoria do Vereador Elizeu Conceição de Souza, que solicita que a “Secretaria Municipal de Infraestrutura realize o serviço de podagem das árvores da Praça do Maroto, no Bairro Casas Populares”; OFÍCIO Nº002/2019, oriundo do gabinete do Vereador Andreilto de Almeida Barbosa, que justifica, mediante atestado, sua ausência nas sessão ordinária do dia 17/10/2019 e nas que ocorrerem nos próximos 10 dias; OFÍCIO Nº 156/2019, oriundo do gabinete do vereador João Carlos de Castro, que justifica sua ausência na sessão ordinária do dia 15/10/2019; OFÍCIO Nº 044/2019, oriundo do gabinete do vereador Laércio Muniz de Azevêdo Júnior, que justifica sua ausência na sessão ordinária do dia 17/10/2019.

O Sr. Presidente passa para ordem dos Vereadores inscritos e franqueia a palavra ao primeiro, Vereador ANDREILTO DE ALMEIDA BARBOSA, que se encontra de atestado médico. Dando continuidade franqueia a palavra ao segundo, Vereador REINALDO FERREIRA SANTANA. Franqueia a palavra ao terceiro, Vereador CARLOS ALBERTO DIAS DOS SANTOS. Franqueia a palavra ao quarto, Vereador JORGE SOUZA E SILVA FILHO. Franqueia a palavra ao quinto, Vereador LAÉRCIO MUNIZ DE AZEVÊDO JÚNIOR. Franqueia a palavra ao sexto, Vereador HERMÓGENES GOMES DE ALMEIDA. Franqueia a palavra ao sétimo, Vereador ELIZEU CONCEIÇÃO DE SOUZA. Franqueia a palavra ao oitavo, Vereador JOÃO CARLOS DE CASTRO. Usa também o Presidente da Mesa, Vereador CLEITON VIEIRA PINTO.

Passa-se para a ORDEM DO DIA que não consta de nenhuma matéria. Não havendo nenhuma matéria para ser lida e discutida o Sr. Presidente passa a franquear a palavra aos Vereadores por inscrição de Bancadas, sendo franqueada a primeira bancada PRTB/PSD, composta pelos Vereadores João Carlos de Castro, Jorge Souza e Silva Filho e Reinaldo Ferreira Santana e usa da palavra o Vereador JOÃO CARLOS DE CASTRO.

É franqueada a segunda bancada PT/PROS, composta pelos Vereadores Hermógenes Gomes de Almeida, Elizeu Conceição de Souza, Edson Ribeiro da Silva e Reinaldo José da Silva e usa da palavra o Vereador EDSON RIBEIRO DA SILVA. Usa da palavra o Vereador ELIZEU CONCEIÇÃO DE SOUZA

É franqueada a terceira bancada PCdoB/PSB/PRB, composta pelos Vereadores Andreilto de Almeida Barbosa, Alexandre Ferreira, Carlos Alberto Dias dos Santos e a Vereadora Lúcia Cristina Souza Cerqueira da Silva e usa da palavra o Vereador CARLOS ALBERTO DIAS DOS SANTOS. Usa da palavra o Vereador ALEXANDRE FERREIRA.

É franqueada a quarta bancada DEM/PMN/PPS composta pelos Vereadores Gerivaldo Ribeiro Sampaio, Otávio Xisto de Souza Júnior e Laércio Muniz de Azevêdo Júnior e usa da palavra o Vereador OTÁVIO XISTO DE SOUZA JÚNIOR. Usa da palavra o Vereador GERIVALDO RIBEIRO SAMPAIO.

Não havendo mais nenhuma bancada para usar o Sr. Presidente às vinte e uma horas e dez minutos da por encerrada a Sessão.

Veja a sessão completa: https://youtu.be/SZVZOE_-_sE

Assessoria de Comunicação
Câmara Municipal de Senhor do Bonfim

SENHOR DO BONFIM (BA): Município está em risco de surto de dengue, zika e chikungunya

É o que revela o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti, o LIRAa; índice de infestação é de 14%

Créditos: Ministério da Saúde

Assim como em todo o Brasil, a Bahia apresentou aumento nos registros de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, em 2019, em comparação com o ano passado. Segundo o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, neste ano, o estado registrou um aumento de 670% nos casos prováveis de dengue, em comparação com 2018. De janeiro a agosto, foram 58,9 mil casos. Ao todo, 19 mortes em decorrência da doença estão em investigação.

Já número de casos prováveis de chikungunya aumentou 55% em 2019, em comparação a 2018. Até o momento, foram registrados 5,2 casos. Cinco pessoas morreram em decorrência da doença neste ano.  E os números de zika no estado também subiram em um ano. Foram 1.066 casos prováveis, em 2019, contra 674 registrados em 2018.

De acordo com o gestor da Coordenação de Doenças de Transmissão Vetorial estadual, Gabriel Muricy, a maioria dos municípios baianos registrou casos prováveis das doenças. Um dos municípios é Senhor do Bonfim, que está em situação de risco de surto de dengue, zika e chikungunya, como revela o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti, o LIRAa. O índice de infestação é de 14%.

Muricy aponta para os perigos e riscos dessas enfermidades.

“A chikungunya e a zika, além de agravos agudos, podem trazer situações crônicas. No caso a chikungunya, uma incapacidade que pode perdurar durante meses. E para zika, a grande preocupação são os casos de síndrome congênita relacionada ao vírus zika, conhecida popularmente como microcefalia”, explica.

Assim como a dengue, as duas doenças podem matar, o que torna o Aedes aegypti um vetor de alta periculosidade. E as infecções podem se acumular. Ter pego dengue uma vez não impede de pegar qualquer uma das outras duas. Mesmo que elas já tenham ocorrido anteriormente. É o caso de Maria Conceição da Silva, moradora de 40 anos da comunidade fazenda Barro no município Senhor do Bonfim.

Quando Maria pegou a dengue, já estava com chikungunya. Com isso, os sintomas foram ainda mais fortes, segundo ela. Teve enjoo, náusea, vômito, diarreia, dor de cabeça e febre baixa por 12 dias. No entanto, logo ficou doente de novo.

“Tive chikungunya logo após dengue. E foi mais difícil para mim, porque já estava debilitada e senti reações diferentes. E o meu internamento foi mais prolongado. Sentia muita dor. Fiquei encurvada, não conseguia andar. Apareceu muitas manchinhas no meu corpo parecendo alergia. E muita coceira. Era uma coceira insuportável”, relata Maria.

Para diminuir os riscos, o Ministério da Saúde apresenta algumas recomendações para o combate ao Aedes aegypti dentro de casa. Entre eles, a limpeza de ralos e aplicação de tela nos mesmos. Limpe também, ou preencha, pratos de vasos de plantas com areia todas as semanas. Mantenha os reservatórios de água tampados e limpos com água, bucha e sabão com frequência. Quando a água acabar, é necessário fazer uma nova lavagem nos recipientes e guardá-los de cabeça para baixo. Segundo o ministério, esse cuidado é essencial porque os ovos do mosquito podem viver mais de um ano no ambiente seco.

Para mais informações, acesse: saude.gov.br/combateaedes.

 

Medicina reprodutiva oferece técnicas que permitem que mulheres em tratamento contra o câncer consigam se tornarem mães

 

Programa Proteger do IVI Salvador colabora com a luta de pacientes oncológicas que precisam cuidar da preservação da fertilidade

 

·         Antecipando o diagnóstico do câncer, é possível manter aceso o sonho da mulher de se tornar mãe no futuro

·         O IVI Salvador encabeça o “Programa Proteger”, que é voltado para pacientes oncológicas

·         Avanços da medicina reprodutiva e da oncologia permitem que mulheres em tratamento consigam cuidar da preservação da fertilidade

 

BRASIL, OUTUBRO DE 2019

 

Receber o diagnóstico de câncer de mama é um dos momentos mais difíceis da vida de uma mulher. Graças às pesquisas, os avanços na medicina vêm contribuindo muito para a cura ou o controle da doença, especialmente quando o diagnóstico é precoce. Contudo, efeitos cruéis das intervenções durante a terapia ainda continuam trazendo consigo como grave sequela, a falência precoce dos ovários.

 

Com o câncer atingindo cada vez mais os jovens, em idades férteis, fica o alerta. É necessário cuidar da preservação da fertilidade durante o tratamento da doença. Já são oferecidas técnicas que permitem que as mulheres em tratamento do câncer, consigam se tornarem mães futuramente. Muitas que são acometidas pelo câncer de mama têm receio que, após a conclusão do tratamento, a gravidez não seja indicada.

 

Mas essa questão, bastante difundida antes, já foi contestada por pesquisas científicas. Por conta disso, o IVI Salvador promove o “Programa Proteger”, que é voltado para pacientes oncológicas. O programa vem para reforçar toda a mobilização da campanha mundial “Outubro Rosa”. O Proteger é um programa de responsabilidade social da Ferring Pharmaceuticals (empresa biofarmacêutica), em parceria com o IVI Salvador. Ele visa preservar a fertilidade das pacientes em tratamento contra o câncer. O objetivo é ajudar essas pacientes antes que elas enfrentem a batalha de quimioterapia, radioterapia ou tratamento cirúrgico.

 

A FerringPharmaceuticals oferece gratuitamente a sua linha de produtos específicos para estimulação ovariana às participantes do Programa Proteger. Menopur e Gonapeptyl são alguns deles. A finalidade é de ajudar e acelerar o início da pré-extração dos óvulos, evitando perder tempo. Nesses casos, o tempo é elemento crucial. Para participar do programa é necessário cumprir alguns requisitos. Ser mulher entre 18 e 40 anos e residir no Brasil. Ter um diagnóstico de câncer. Ainda não ter começado o tratamento contra o câncer e tampouco não ter realizado quimioterapia nos últimos seis meses. Além disso, o oncologista deve determinar se a preservação da fertilidade é apropriada.

 

Após análise desses requisitos, a mulher segue para uma consulta com um médico especializado em reprodução. Depois, a paciente será apresentada ao programa onde o benefício será não precisar pagar pela medicação fornecida pelo laboratório.

 

Vale lembrar que a preservação da fertilidade precisa ser feita antes de iniciar o tratamento contra o câncer de mama. E, cada caso é um caso, o melhor a fazer é conversar com um médico. Entender os riscos do tratamento e saber das possibilidades de preservação da fertilidade assim que for feito o diagnóstico. A especialista em reprodução humana Dra. Genevieve Coelho, Diretora Médica da IVI Salvador, explica que são analisados fatores como idade e tipo do tumor. Outras análises envolvem o protocolo de radioterapia/quimioterapia utilizado e o tempo disponível antes destes para definir qual técnica será utilizada.

 

Vitrificação de óvulos

 

A técnica de vitrificação de óvulos é um dos métodos de preservação da fertilidade. Através do seu uso, se permite adiar a capacidade reprodutiva de uma mulher pelo tempo que ela desejar, mantendo as possibilidades iguais às do momento em que se vitrificam os óvulos.

 

O processo favorece não apenas mulheres com diagnóstico de câncer – que podem proteger seus óvulos durante o tratamento – mas também aquelas que estão prestes a atingir a maturidade e não precisarão se preocupar com a redução significativa que a taxa de fertilidade sofre com o passar dos anos.

 

Outubro Rosa

 

O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização de mulheres e toda a sociedade. Celebrado anualmente, além de proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e tratamento, contribui para a redução da mortalidade. O IVI Salvador apoia essa causa. Todos os anos, promove eventos, debates e apresentações sobre o tema, para disseminar informações e auxiliar na detecção precoce da doença.

 

Sobre o IVI – RMANJ

 

IVI nasceu em 1990 como a primeira instituição médica em Espanha especializada inteiramente em reprodução humana. Desde então, ajudou a criar mais de 160.000 crianças, graças à aplicação das mais recentes tecnologias em Reprodução Assistida. No início de 2017, a IVI fundiu-se com a RMANJ, tornando-se o maior grupo de Reprodução Assistida do mundo. Atualmente tem mais de 65 clínicas em 11 países e é líder em Medicina Reprodutiva. https://ivi.es/ – http://www.rmanj.com/

 

 

Mais informações:

 

Pipa Comunicação – assessoria de imprensa IVI Salvador

(71) 3264-0006

(71) 99974-6182 – Pietro Raña

pietro@pipacomunicacao.com.br

Prefeitura de Jaguarari direciona ações do Outubro Rosa a Santa Rosa

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari-BA

Dando continuidade às ações alusivas ao Outubro Rosa, a Prefeitura de Jaguarari, através da Secretaria de Saúde, realizou nos dias 15 e 16 ações preventivas no combate ao câncer de mama e colo de útero no distrito de Santa Rosa.

As ações realizadas consistiram em palestras educativas ministradas pelos profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF, ressaltando a importância do auto-exame, diagnostico precoce e o acompanhamento pós-tratamento. Além disso, foram realizados exames ginecológicos como colposcopia (exame de imagem) e mamografia no hospital na cidade de Campo Formoso.

“Durante todo o mês de outubro estaremos imbuídos na conscientização por parte das mulheres do município para que realizem o auto-exame e, no caso da identificação de algum nódulo, buscar o serviço de saúde. O diagnostico precoce aumenta em mais de 90% a chance de cura”, ressaltou o Secretário de Saúde, Rodrigo Cruz.

Câmara Municipal de Sr. do Bonfim divulga pauta da sessão ordinária desta quinta-feira (17)

ASCOM – Câmara Municipal de Senhor do Bonfim-BA

Será realizada nesta quinta-feira, 17 de outubro, mais uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim. A sessão também será transmitida pela internet a partir das 19h.

DURANTE O EXPEDIENTE SERÃO LIDAS AS MATÉRIAS:

  • INDICAÇÃO Nº 001/2019, de autoria do vereador Jorge Souza e Silva Filho, que “indica a necessidade de se proceder a medidas para viabilizar a pavimentação da rua Maria Betânia, bairro Itamaraty”;
  • PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº 002/2019, de autoria do vereador Otávio Xisto de Souza Júnior, que solicita que “o Poder Executivo Municipal requeira ao DNIT o serviço de reparo da cratera localizada no acostamento da BR Km 407, que fica em frente à Churrascaria Bode Assado do Márcio”;
  • PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº 053/2019, de autoria do vereador Elizeu Conceição de Souza, que solicita que a “Secretaria Municipal de Infraestrutura realize o serviço de podagem das árvores da Praça do Maroto, no Bairro Casas Populares”.

Andorinha: Informativo da Câmara de Vereadores

Foi realizada na tarde desta quarta-feira, 16, mais uma Sessão Ordinária, da Câmara de Vereadores de Andorinha.

Presidida por Marinaldo Souza de Oliveira, vários assuntos de interesse da população Andorinhense foram debatidos.

Confira abaixo a íntegra da Sessão: