Uma equipe comandada pelo delegado de Polícia, Dr Felipe Neri, prendeu agora há pouco dois elementos acusados de torturar, matar e enterrar o corpo de Ricardo Luís Bispo da Silva, conhecido por Tita.

Os elementos contaram que eles estavam bebendo, os três, no dia primeiro de abril e que acabaram se desentendendo por causa de um celular.

O desentendimento terminou em assassinato. Tita foi morto com requintes de crueldade.

Após matarem, os dois elementos enterraram Tita no quintal da residência de um deles e ainda plantaram um pé de bananeira na cova.

Dias depois, retiraram o corpo e enterram em um outro local nas proximidades da rua Carrapichel.

Os dois acusados estão sendo ouvidos neste momento.

Relembre o caso no dia da descoberta do corpo em 11de abril deste ano.

Na manhã  deste domingo 11/04/2021, um corpo do sexo masculino, identificado por Ricardo Luiz  Bispo da Silva, mais conhecido por “Tita” residente a rua 7 de abril, que estava desaparecido desde o último dia 01 de abril, foi encontrado enterrado em um buraco no final da rua carrapiche. Após encontarem o corpo a  população  acionaram a  policia Civil da 19° COORPIN de Senhor do Bonfim.
Segundo informações após  o desaparecimento da vítima os familiares encontraram sua motocicleta Honda Fan de cor preta no Alto da Maravilha, já sem placa.
Na manhã deste domingo  a polícia recebeu uma denúncia de que havia um corpo de  homem morto enterrado, os policiais foram acionados  e ao chegar local encontraram a vítima dentro de um buraco em estado de decomposição. A polícia Técnica foi acionada e o corpo foi encaminhado ao IML de Senhor do Bonfim.

Trecho relembrando o caso extraído do Blog Nonato Notícias