Familares de de Djalma Araújo de Carvalho, que terá que sofrer uma intervenção cirúrgica, no pulso, relatam que ele aguarda há mais de 30 dias por uma regulação.

Com despesas altas na compra de medicamentos, a família clama por uma providência imediata. Segundo relatam, o local já sofre atrofia e as dores não cessam.

Exames em clinicas particulares já foram feitos pela própria família, e nada de regulação. Confira parte do desabafo de uma sobrinha de Djalma.

meu tio o senhor dijalma morador do bairro São Jorge, conhecido como pardal , está a mais de um mês esperando uma regulação pra faser uma operação no osso do pulso , o problema e que não tamos aguentando com as despesas de remédio , sem sucesso pois os analgésicos depois do passar do tempo seu efeito acaba Aí as dores vem , tá sem acompanhamento nenhum, está afinando seu braço e já está roxo , mal movimenta os dedos , gostaria de chamá atenção da secretaria de saúde para da uma averiguada na situação de meu tio , pois tá arriscado ele perde movimentos.