A sede da Aspra, em Senhor do Bonfim, foi alvo de uma operação do Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar.

Da sede foram apreendidos computadores e documentos diversos. A Aspra  também foi interditada na ação.

A operação ocorre em todo o estado em sedes da associação. Em Bonfim, promotores e policiais cumpriram decisão da justiça, por volta das 6 horas, desta quarta-feira.

A direção da Aspra lamenta o ocorrido e confirma a interdição.