O Distrito de Tijuaçu tem sua origem ligada a chegada de Maria Rodrigues, a Mariinha e outras duas escravas fugitivas. Com o passar do tempo, outros escravos foram chegando ao quilombo, principalmente oriundos das minas de ouro de Jacobina.

Em dezembro de 1953 foi elevado a distrito, já em 2014, o Governo Federal reconheceu a comunidade como Território Quilombola, abrigando mais de 800 famílias, tornando o maior em número de remanescentes de quilombo na Bahia.

#MinhaCidade #SenhorDoBonfim #Bahia #Nordeste #Brasil #História #Memória #Quilombolas #Tijuaçu

Fonte: Ser Quilombola no Sertão: Tijuaçu, lutas e resistências no processo de construção identitária. – Paula Odilon dos Santos