Delegado Felipe Neri. Ação da PC tem incomodado alguns políticos da cidade.

Diante dos boatos sobre a saída do Delegado de Polícia Coordenador, Felipe Neri, surge a seguinte indagação:

Do que políticos tem medo com a permanência do Coordenador FELIPE NERI na gestão na gestão da POLÍCIA CIVIL local? Talvez o medo que seus privilegiados sejam alvo de investigação?

Ora, inadimissível conceber que na política brasileira ainda existam perfis inescrupulosos que “folgam” com a criminalidade, políticos que punem policiais por respeitar a lei e fazê-la cumprir sem qualquer favoritismo ou camaradagem.

É de extrema desonestidade que representantes do povo busquem apoio político para desarticular um time chamado Polícia Civil a fim privilegiar seus protegidos. Um ato claramente injusto e desonesto, sem o uso de qualquer imparcialidade ou isenção de juízos pessoais!!!

Manipular ações para atender interesses específicos num Estado Democrático é, antes de tudo, imoral e ilegal! A Política foi criada para regular os conflitos e não para gerá-los.

Diante de tantos desmandos e ingerências, fica impossível cumprir com sua missão constitucional. Os policiais precisam de independência para investigar, sem qualquer interferência política, pois só assim a criminalidade terá sua resposta. A POLÍCIA CIVIL TEM QUE PARAR?

Numa investigação séria e comprometida não se questiona se o criminoso é amigo, parente ou protegido de autoridades. A lei tem que ser cumprida e isso tem incomodado muito algumas autoridades, já que o Delegado Felipe Neri e sua equipe prende “gregos e troianos”, sem fazer distinção entre pessoas que se julgam “importantes” e pessoas do povo, ou seja, quem desrespeita a lei deve receber os devidos tratamentos legais.

A Polícia Civil combate o crime através da complexa atividade de Investigação criminal, quando outras barreiras preventivas não dão resultado, atuando indistintamente, com impessoalidade.

População Bonfinense, não vamos deixar que atos ilegítimos e desonrosos passem despercebidos aos nossos olhos! Vamos unir forças e lutar por mais transparência, honestidade e impessoalidade no aparato público.

Vamos exercer nossa cidadania e dizer não aos desmandos e caprichos infundados dos caciques políticos locais. Vamos juntos contribuir para que os POLICIAIS CIVIS possam continuar trabalhando com isenção, fazendo uma polícia de todos e não de alguns, uma polícia impessoal que cumpre seus deveres com despreendimento e compromisso, visando sempre o bem estar social e a paz entre todos.

A POLÍCIA TEM QUE SER DE ESTADO E NÃO DE INTERESSES PESSOAIS!!