Flávio José, teve Título de Cidadão Bonfinense, barrado pela Câmara.

Foto: Redes Sociais

O forrozeiro Flávio José, presença confirmada mais uma vez, no São João de Senhor do Bonfim, não vai receber o Título de Cidadão Bonfinense.

A homenagem ao artista já estava sendo comemorada pelo prefeito Carlos Brasileiro, e 8 vereadores que votaram favoravelmente ao projeto.

Sem conhecimento da Lei Orgânica do município, que prevê que somente por votação de dois terços dos votos dos Edis a homenagem pode ser oficializada, a Câmara de Vereadores de Senhor do Bonfim, teve que anular o resultado e arquivar o projeto.

O resultado da votação de 8 a 4, sepultou os sonhos de quem contava os dias para entregar o Título, que aconteceria durante o show de Flávio José, no Espaço Gonzagão.

Os vereadores Laércio Júnior, Gerivaldo Sampaio, Rê do Sindicato e Tavinho foram contrários a homenagem, e praticamente afinaram o discurso com relatos de que o artista em nada contribuiu para o desenvolvimento do município.

Os 8 vereadores que aprovaram o projeto já estavam comemorando o resultado. De repente um “balde de água gelada” foi lançado na comemoração.

O vereador de oposição, Laércio Júnior, alertou que o resultado era ilegal, que a mesa não tinha atentado para os critérios adotados e estava indo de encontro com a Lei Orgânica.

A mesa da casa, percebendo o erro, imediatamente tornou sem efeito o projeto, e Flávio José, vai ficar sem o Título de Cidadão Bonfinense, pelo menos, até junho de 2020, data em que somente o projeto poderá novamente voltar a casa.

Compartilhe isso