Apuração do MP aponta também autopromoção de Vereadores no evento.

O Ministério Público abriu inquérito civil com objetivo de apurar o patrocínio bancado pela prefeitura de Senhor do Bonfim, durante a festa denominada de “Noite Gospel”, realizada dentro do calendário festivo em alusão ao aniversário da cidade.

O MP quer saber se o investimento público destinado ao evento religioso em período de celebração cívica do aniversário da cidade de Senhor do Bonfim, constitui ofensa a *laicidade do estado e a regular aplicação de verbas públicas.

Na portaria 36/2019 assinada pelo promotor, Dr Rui Sanches, informa também, que a realização da “Noite Gospel”, conforme apurado nos autos de um inquérito civil, tem servido também para uma autopromoção de alguns vereadores de Senhor do Bonfim, envolvidos na festa, em claro desvirtuamento da finalidade a que deve se associar toda e qualquer despesa pública.

Se o estado não tem uma religião definida, um município, não poderia no caso, patocinar tal evento com objetivo de agraciar apenas o público de determinada religião, excluindo as demais do contesto do evento.

*laicidade
substantivo feminino
1.
qualidade do que é laico ou leigo.
2.
doutrina ou sistema que preconiza a exclusão das Igrejas do exercício do poder político e/ou administrativo..