Os agentes comunitários de saúde e agentes de endemias, vão realizar uma nova paralisação por 48 horas em Senhor do Bonfim. As categorias cobram o cumprimento do piso salarial nacional, desrespeitado pelo governo municipal.

De acordo com os representantes de cada uma das categorias, todas as tratativas em torno de uma reunião para discutir o assunto foram negadas pelo prefeito Carlos Brasileiro.

As manifestações durante os dois dias da paralisação vão acontecer na Câmara de Vereadores de Senhor do Bonfim, e uma caminhada pelas principais ruas da cidade, com concentração em frente da sede da Univasf.

Confira abaixo uma carta aberta a população comunicando sobre mais uma paralisação:

 

A toda população Bonfinense,

COMUNICADO DE AVISO DE GREVE

A ASSOCIAÇÃO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE (AMACS) JUNTAMENTE COM A ASSOCIAÇÃO DOS AGENTES DE COMBATE ÁS ENDEMIAS DE SENHOR DO BONFIM (AACE), vem INFORMAR, através de seus respectivos presidentes, para cumprimento das exigências da Lei nº 7.783/89, avisar ao Gabinete Oficial da Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim, Secretaria Municipal de Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Câmara de Vereadores, Ministério Publico do Estado da Bahia, aos Usuários de seus serviços e à população em geral, que os Os Agentes Comunitário de Saúde e de Combate as Endemias deste município, realizaram Assembleia Geral Extraordinária em 08 de Abril de 2019 onde deliberaram a deflagração de um paralisação de 48 horas a partir das 08:00hrs do dia 11 de Abril 2019 com manifestação a parti das 19:00hrs em frente a UNIVASF e Câmara de Vereadores, Manifestação duarante todo o dia 12 de abril em frente a UNIVASF, caminhada pelas principais ruas do centro da cidade em razão do DESCUMPRIMENTO da Lei federal 13.708/18 por parte desta administração que até o presente momento se nega receber os trabalhadores.

ATENCIOSAMENTE

Marlon Reis
Presidente AACE

Josemar Nascimento
Presidente AMACS