Dezenas de artistas do município de Andorinha, compareceram a Câmara na última sessão, para acompanhar a discussão do projeto de autoria do vereador, Marinaldo de Oliveira, que obriga o poder público municipal a investir 23%  do valor gasto com a realização de festas promovidas pelo município na contratação de artistas da casa.

O vereador Vagner Lavor, usou a tribuna para falar sobre o projeto, parabenizou as associações existentes no município, aonde segundo ele chega a quase oitenta associações, e que apesar do tempo, somente agora as entidades começaram a se organizar.
Ainda com relação ao projeto de valorização dos artistas da terra, ele lembrou que até agora, somente com as contratações para o São Pedro e aniversário da cidade, o município já vai gastando quase meio milhão “É preciso que a parte desse bolo seja dividida com os artistas de nossa cidade, porque até agora, segundo as publicações de contratações,  o município já vão gastando R$ 110.000,00 com Pablo, R$ 50.000,00 com Bete Nascimento, R$ 42.000,00 com Capitão do Forró, e R$ 18.000,00 com Irmão Lázaro. E  apenas com duas empresas, uma de Senhor do Bonfim, e outra de Campo Formoso, o município pretende gastar aproximadamente R$ 280.000,00, portanto já são quase meio milhão” lembrou Vagner Lavor.
O vereador lembrou que como parâmentro de investimento para os artistas da casa, a Câmara está pegando como base os gastos com a realização dos Festejos de 2017.
Ivan Silva