Negligência e morte, quem vai pagar por isso?

Uma dor que não acaba. O sofrimento de uma família que busca por justiça  parece que está apenas começando.

Tudo começou com a triste ideia de um morador do povoado de Tanquinho, zona rural de Senhor do Bonfim, que tentou por fim a própria vida.

Nem imaginava o jovem de 28 anos, que seu sofrimento estava apenas começando. Jogado a uma carreta, a vítima, teve fraturas expostas nas duas pernas.

Levado ao Hospital Regional de Senhor do Bonfim, sua agonia estava apenas começando. Ao chegar por volta das 10:30hs, da última sexta, 9, Geltron, um morador da zona rural, nem imagina que o pior estava por vir.

Transferido por volta das 15:HS, Geltron, que não teve acompanhamento de profissionais da saúde, foi levado ao Hospital de Jaguarari.

Descaso total. Correndo risco de morrer, o paciente jamais imaginaria que fosse largado a  própria sorte, e que falta de sorte..

… Geltron, foi vítima de uma estatística que poderia ser evitada.

Em uma simples ambulância, paciente com autorização do médico plantonista, passou mal e morreu em Jaguarari.

O blog conseguiu a causa da morte do paciente, que no mínimo, exige uma posição imediata do município.

Sem cuidados adequados, o paciente não resistiu, e morreu.

O silêncio que paira certamente será interrompido com uma investigação do Ministério Público.