Jovens Empreendedores Primeiros Passos chegou ao município em 2015 e, desde então, difunde a cultura do empreendedorismo entre crianças e adolescentes

Jacobina – Com muitas experiências exitosas no estado de São Paulo, onde acontece desde o ano de 2002, o Programa de Educação Empreendedora Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) chegou à Bahia em 2013, como programa piloto nos municípios de Irecê e Juazeiro, se expandindo no ano seguinte para as dez unidades regionais do Sebrae. Já em 2015, o município de Itiúba, Centro Norte do estado, aderiu ao programa e conta hoje com mais de 1,2 mil alunos participantes do projeto.

O JEPP tem a finalidade de disseminar a cultura do empreendedorismo nas instituições de ensino públicas, privadas, associações e ONGs, de forma a propiciar às crianças e jovens práticas que possibilitem vivenciar o empreendedorismo. Para o gerente regional do Sebrae em Jacobina, Geronilson Ferreira, o programa de Educação Empreendedora é uma grande oportunidade que os jovens têm de serem atores de suas próprias vidas nas diferentes esferas sociais. “A proposta é incentivar a busca do autoconhecimento e espírito de coletividade que a educação como transformadora do sujeito é o desenvolvimento das habilidades”, ressalta.

“Após a capacitação dos professores, o projeto foi aplicado para os alunos do Colégio Municipalizado Belarmino Pinto, com a realização da primeira feira de culminância no ano de 2016. O projeto é um divisor de águas na comunidade escolar, tendo grandes mudanças, descobertas e incentivador ao empreendedorismo”, garante Maria Gorete Barbosa, diretora do colégio.

Com os bons resultados na mudança de comportamentos de alunos e de todos os envolvidos, em 2017, a Secretaria de Educação do Município de Itiúba renovou o contrato, dando seguimento ao projeto, aumentando o número de professores capacitados e alunos contemplados. O JEPP também atende os alunos do Ginásio Municipal Antônio Simões Valadares, totalizando 1.215 alunos do 6º ao 9º ano nas duas instituições, incentivando-os a conhecerem e exercitarem práticas empreendedoras. Esse ano foram realizadas duas feiras de culminância, uma em casa escola, momento em que os alunos colocam em prática o aprendizado teórico.

Sobre o JEPP

O projeto de Educação Empreendedora do Sebrae para o ensino fundamental incentiva os alunos a buscarem o autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade. A ideia é a de que a educação deve atuar como transformadora desse sujeito e incentivá-lo à quebra de paradigmas e ao desenvolvimento das habilidades e dos comportamentos empreendedores.

O curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos é destinado a fomentar a educação e a cultura empreendedora e procura apresentar práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender e o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários para a gerência da própria vida (pessoal, profissional e social).

Com a proposta pedagógica do JEPP para cada ano do ensino fundamental, por meio de atividades lúdicas, o ambiente da aprendizagem sensibiliza os estudantes a assumirem riscos calculados, a tomarem decisões e a terem um olhar observador para que possam identificar, ao seu redor, oportunidades de inovações, mesmo em situações desafiadoras.