O Tribunal de Justiça da Bahia, manteve na prisão, o sargento PM Edwilson Carvalho Sena, acusado de comandar uma quadrilha que tinha como especialização assaltar feirantes na região de Senhor do Bonfim.

Os assaltos em sua maioria, aconteceram entre os municípios de Campo Formoso e Bonfim. Edwilson também é acusado de matar um jovem, fato registrado há cerca de 20 anos.

Edwilson foi defendido no TJ pelo advogado Dr Pedro Cordeiro que entrou com pedido de Habeas Corpus. O Tribunal por unanimidade, não reconheceu o pedido de Cordeiro, e manteve preso o sargento PM.