Comprovantes de pagamento de locação de um apartamento em São Bernardo do Campo citam os dias 31 de junho e 31 de novembro, meses que têm apenas 30 dias

O ex-presidente Lula acabou virando motivo de chacota nas redes sociais nesta terça-feira (26) após dois recibos apresentados pela defesa dele para comprovar o pagamento de aluguel de um apartamento alvo de investigação da Operação Lava Jato trazem datas que não existem no calendário. Em um deles, consta que a quitação era referente ao aluguel vencido no dia 31 de junho de 2014, e o outro no dia 31 de novembro de 2015.