O Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável (CMDS) realizou reunião ordinária para tratar de assuntos referentes ao setor.
O encontro que aconteceu na Câmara de Vereadores de Andorinha, tratou de vários assuntos de relevância para o meio rural andorinhense. Formam discutidos os seguintes pontos:

– Censo agropecuário no município;

– Demarcação e limites territoriais do município de Andorinha;

– Beneficiários do programa Garantia-Safra que estão bloqueados pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e Tribunal de Contas da União (TCU), além de pendências em relação ao Número de Identificação Social (NIS);

– Vistorias para verificação de plantio e perda da safra 2016/2017;

– Programa de Vendas em Balcão para Aquisição do Milho Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB);

– Conferência Municipal de Saúde, que teve como tema “SUS com Qualidade e Eficiência, realizada no dia 27 de julho;

– Conferência Municipal de Assistência Social, que acontecerá no dia 10 de agosto;

– Convênio com a Companhia de Desenvolvimento e Ação regional (CAR) para a limpeza de aguadas no município. A plenária decidiu que as comunidades onde os reservatórios estão secos serão prioridade, seguindo a seguinte sequência: Pimentel, Sitio do Lalau, Baraúnas, Barriga Mole, Surrará, Mandi, São Gonçalo, Queimada de Cima, Tigre, Coxo, Travessa de Pedra e Bananeira;

– Conselho Alimentação Escolar (CAE), indicação de quatro representantes, sendo dois titulares e dois suplentes. Titular 01: José Zito Pereira de Figueiredo, residente na Fazenda Lagoas, Titular 02: Basílio Amorim dos Reis, residente na Fazenda Travessa de Pedra, Suplente 01: Maria de Souza Santos Silva, residente na fazenda Medrado, Suplente 02: Jacira Rodrigues da Silva, residente na fazenda Pindoba II;

-Conselho Municipal de Educação (CME), aconteceu durante o encontro , a indicação de dois representantes, sendo um titular e um suplente. Titular: Maria de Souza Santos Silva, residente na fazenda Medrado, e o Suplente: Vagner dos Santos Monteiro, residente na fazenda Coxo;

O CMDS é um órgão criado por Lei Municipal, que articula os interesses dos agricultores, da agricultura familiar e dos poderes públicos municipal, estadual e federal.

O CMDS apoia a elaboração de políticas para o
desenvolvimento sustentável do município, através de debates entre o poder público e a sociedade civil organizada. Seu atual presidente, indicado pelas associações que compõe a entidade, é o engenheiro agrônomo e secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente de Andorinha, Valtonio Guimarães.
As reuniões do CMDS são abertas à participação de todos e acontecem bimestralmente ,na terceira quinta -feira do mês , na Câmara de Vereadores de Andorinha.