Temer também anunciou a edição da MP dos Municípios, que prevê que as prefeituras poderão parcelar em até 200 vezes as dívidas com o INSS.

Em meio às negociações para aprovar a reforma da Previdência na Câmara, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou nesta terça-feira, 16, um aporte de 5,9 bilhões de reais em dois novos programas que beneficiarão as prefeituras.

A divulgação dos novos recursos foi feita para uma plateia de dezenas de prefeitos, responsáveis por parte da pressão realizada sobre os deputados federais contra a reforma da previdência.

“Para hoje deixamos com a autorização do presidente Michel Temer para fazer anúncio de dois importantes programas: o Avançar Cidades na modalidade de saneamento. Serão 2,2 bilhões de reais de recursos do FGTS à disposição dos municípios e 3,7 bilhões de reais no Avançar Cidades na modalidade de mobilidade”, afirmou o ministro para em seguida ser aplaudido.