Por ASCOM.

O Vereador Reinaldo Santana, presidente da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim,presidiu a sessão desta quinta-feira, dia 04 de Maio.

Expediente:

  • Matérias constantes:

      Projeto de Lei do Legislativo nº 005/2017, de autoria do Vereador Otávio Xisto de Souza Júnior;

      Requerimento nº 005/2017, de autoria de todos os Vereadores;

      Requerimento nº 001/2017, de autoria do Vereador Jorge Souza e Silva Filho;

      Requerimento nº 004/2017, de autoria do Vereador Hermógenes Gomes Almeida;

      Projeto de Resolução Legislativa nº 002/2017, de autoria do Vereador Laércio Muniz de Azevedo Júnior;

      Pedido de Providência nº 009/2017, de autoria do Vereador João Carlos de Castro;

      Convite da Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim – BA;

      Ofício do Setor Juventude da Paróquia do Senhor do Bonfim.

VEREADORES INSCRITOS

Laércio Muniz de Azevedo Júnior:Disse feliz com o requerimento que tramitava naquela casa,solicitando as presenças dos gerentes dos Bancos de Senhor do Bonfim, que desrespeitam o cidadão e que a população ja não suporta mais o péssimo serviço prestado pela instituições bancarias.Na oportunidade pediu aquela casa legislativa, através de sua mesa diretora, que oficializasse ao secretário de Administração a cobrança das multas aos bancos, pois a primeira multa é de 10 mil, a segunda é de 15 mil, se o prefeito gosta de arrecadar essa é a grande oportunidade.

O edil, relatou sua participação na reunião na noite de quarta-feira, no Brisas do Monte, quando a população questionava o aumento da passagem do coletivo de 2 reais para 2 reais e cinquenta centavos, um reajuste de 25%.Laércio disse que iria cobrar junto ao Município e ao Ministério Publico, a realização de uma licitação para contratar empresa para explorar o transporte coletivo em Senhor do Bonfim.

O edil falou ainda que o município continua protelando para não chamar os concursados de nível médio,enquanto isto já  contratou mais de 100 auxiliares de Serviços Gerais,para Laércio o município não da nenhuma satisfação aqueles que fizeram o concurso.

Jorge Souza e Silva Filho:Falou do requerimento de sua autoria, que pede  audiência publica com os representantes das agencias bancarias,pediu o apoio dos 15 edis,PARTEADO pelo presidente da Câmara, que pediu que o edil incluísse a convocação do Secretário de administração.Jorginho falou ainda que o prefeito Brasileiro esta trabalhando com a realização de inúmeras obras em nosso Município.

Jorginho, foi solidário aos espadeiros, que vem sofrendo perseguição,por autoridades que não são de Senhor do Bonfim e não conhecem nossa cultura e tradição.

Eliseu Conceição de Souza:Agradeceu ao Prefeito Carlos Brasileiro,pela reforma do LACEN e as escolas,segundo o edil o governo, esta devolvendo dignidade aos nossos Munícipes, motivando assim alunos e professores, para Eliseu essas ações foram esquecidas pelo governo passado, que inclusive manteve os colégios com pinturas da logo marca do governo do  ex-prefeito Paulo Machado.

Apresentou-se contra ao reajuste dos valores da passagem dos ônibus coletivo,que faz linha para o Brisa do Monte, em sua opinião a passagem deveria continuar custando 2 reais.

ORDEM DO DIA

Requerimento nº 001/2017, de autoria do Vereador Jorge Souza e Silva Filho,Que solicita audiência publica com gerentes de bancos:

Cleiton Vieira: ao comentar o requerimento solicitou que o SOCOOB também fosse convidado para participar desta  audiência.

Eliseu: Falou que o assunto era muito sério e que  as instituições  bancarias precisava respeitar o cidadão e que o requerimento era muito pertinente e que os Bancos tem que ir sim aquela casa dar uma satisfação a sociedade, pois o povo não aguenta mais.

-Adreilton Barbosa:Disse que ao exemplo do transporte publico, banco também é serviço e tem concessão do estado para funcionar e que existe uma lei e que lei é discutida durante sua discussão, mais depois de aprovada tem que ser cumprida,pediu a presença do Ministério Publico nessa audiência

-Carlos de Tijuaçu:Se as leis existem, tem que ser cumpridas e que ao participar da audiência dos espadeiros, ouviu das autoridades a manifestação  de que  as leis tinha que ser cumprida e que as autoridades façam cumprir a lei dos 15 minutos;

-Vereador Pebinhas: Lembrou que nos caixas eletrônicos também oferece um serviço demorado a população e que precisava ser inserida na discussão;

Reinaldo José:Comentou dizendo que os bancos não dão explicação por que  ainda não foram multados pelo município e aquela casa tem que pegar firme com as instituições bancarias;

-Laércio Junior:Pediu que no requerimento fosse solicitando um representante do Banco, pois nem sempre o gerente tenha a condição de participar, pois pode ocorrer de estar participando de algum congresso da instituição.

-O edil,disse que já sofreu inúmeras abordagens por parte de correntistas na fila dos bancos e que muita das vezes sente-se envergonhado com a sensação de impotência diante da situação.

-Pediu que a população também se manifestasse, pois a participação popular é muito importante para colaboração da resolução deste impasse.O edil disse que em sua opinião deveria ocorrer a multa em envés da audiência publica;

-Tavinho: Lembrou que mais uma audiência que aquela casa estará realizando com as agencias dos bancos,disse que a lei tem 12 anos e nunca chegou a informação por parte da prefeitura informando notificação ou multa e que isto não ocorre por que os bancos são ricos, más se ocorre com os pobres quando comentem alguma irregularidade a notificação ocorre,bem como as multas também. Tavinho comentou ainda sobre o absurdo que os bancos arrecadam com os juros  absurdos, mais o serviço é de péssima qualidade.O edil disse que não era mais tempo de audiências publica , mais o município tinha que ser pressionado para fiscalizar e punir os infratores;

-Deto: Disse concordar plenamente com a fala do vereador Tavinho que defende o pagamento de multas;

Moge: Afirmou concordar com o discurso do Vereador Tavinho que pedia interferência do Município ele entende que o governo tem mesmo em multar mesmo.O edil citou que nem mesmo o preferencial de gestantes e idosos são respeitados pelas instituições que todos que utilizam serviços bancários saem estressados;

-Gerivaldo: Pediu ao colega Pebinhas que entre com o Projeto que regulamente também a questão dos caixas eletrônicos, que apresentam ainda um serviço deficitário;

-Mimo: Também defendeu a aplicação da multa e aquela audiência era a ultima chance para os bancos;

-Lucia Cerqueira:Defendeu uma melhor divulgação da lei e oficialização das denuncias;

(No final o requerimento foi aprovado por unanimidade)

Requerimento 005/2017 de Autoria de Todos o Vereadores,Pede a realização de audiência publica para discutir a segurança publica no Município.

Laércio Junior: Pediu que o Conselho de Segurança Publica, também fosse convidado  para audiência publica  que vai discutir a segurança no Município, uma vez que estão bem apar de toda situação;

Carlos de Tijuaçu: Ao comentar o Requerimento, sugeriu que fosse feito um questionário, especificando o que realmente aquela casa legislativa estava questionando;

O Vereador Reinaldo Santana:Presidente da Câmara, informou que audiência publica da Segurança Publica, esta agendado para o dia 18 de Maio.

Requerimento nº 004/2017, de autoria do Vereador Hermógenes Gomes Almeida,que pede para homenagear o Colégio Sacramentinas que esta comemorando 80 anos no Município de Senhor do Bonfim e que seja outorgado com a medalha Dr.José Gonçalves, maior condecoração do Município.

-Moge: Ao Comentar  o requerimento enalteceu o belíssimo serviço prestado a educação no município nesses 80 anos.O edil informou que a solenidade vai acontecer no dia 22 de Agosto;

-Adreilton Barbosa:Parabenizou ao vereador Hermógenes pela belíssima homenagem que aquela iniciativa era um resgate ao patrimônio histórico e educacional e que esta homagem fazia justiça ao patrimônio que esta por trás daquela obra, essa iniciativa era uma forma de dizer muito obrigado;

-Dr.Jorginho:Denominou de louvável o requerimento do Vereador Hermógenes Almeida,pois ele ali estudou e considerava justa a homenagem;

-Laércio Muniz Júnior:Considerou digno a homenagem, pois tem uma historia de contribuição a cultura e a educação.

(O Requerimento foi aprovado por unanimidade)