*Nota de indignação e revolta dos candidatos aprovados no concurso público de Senhor do Bonfim*
Os candidatos aprovados vêm por meio deste comunicado mostrar o descaso, a alienação e a perseguição com a atual situação do concurso público de Senhor do Bonfim. O intuito dessa nota é mostrar a sociedade bonfinense as manobras da prefeitura para anular o concurso por querer próprio, apontando defeitos fúteis que não tiram a legalidade da prova nem tampouco a do candidato.
Nota-se que os aprovados não têm culpa do erro cometido pelos setores administrativos o que se caracteriza, portanto, uma injustiça com o concursado que não deve sofrer nenhum tipo de castigo.
Além disso é notório a impunidade com a empresa e a gestão passada, os únicos responsáveis pelo andamento do certame.
Dessa forma, fica claro que não há motivos para o cancelamento do nível superior e muito menos do concurso como um todo, já que não há razões suficientes para isso.
A Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim, durante todos esses meses, vem ganhando tempo para a realização de contratações periódicas com salários mais altos, apadrinhamentos de familiares e realização de desvio de função para os cargos previstos no concurso. A visão da prefeitura é equivocada quanto aos erros já que são facilmente sanáveis, isto é, de fácil correção, como já foi esclarecido em reunião com o Ministério Público.
A FAPES, responsável pela execução do certame, emitiu nota recentemente explicando os pequenos desacertos que foram corrigidos, não influenciando, portanto, o resultado final.
Assim, a retificação da homologação com o posterior direcionamento para as nomeações seria o único caminho a tomar pela Prefeitura Municipal a fim de acabar com este impasse sem maiores prejuízos como, por exemplo, a oneração dos cofres públicos.

Os aprovados buscam o apoio da Câmara Municipal (na figura de seus vereadores), que vem demonstrando descaso ao assunto e blindagem ao gestor sem antes levar em consideração os interesses do povo ao qual representam. Tal apoio se configura em importante influência para que o Prefeito comece a nomear os candidatos o mais breve possível.

Os aprovados perderam noites estudando para o concurso, sonhando com a sua estabilidade e seu desenvolvimento profissional, se capacitando para melhor servir as pessoas, além disso, também possuem família e despesas a pagar.

Esta situação faz-nos, Brasileiros e Bonfinenses, desacreditar cada dia mais nos políticos (que apenas zelam pelo seu querer)e no modo de se fazer política nesse país!
“Bonfim…, mostra tua cara, quero ver quem paga pra gente ficar assim, Bonfim,…qual é o teu negócio, o nome do teu sócio, confia em mim.”