Um dos lugares mais frequentados e visitados por turistas de várias partes do Brasil, o balneário do Payaya sofre com a longa estiagem. O rio está praticamente seco, e os prejuízos são enormes.

Proprietários de quiosques e vendedores ambulantes que vivem do turismo passam por sérias dificuldades. Sem água, e sem chuvas até o momento, a situação vai piorar nos próximos dias.

As visitas ao local já despencaram em mais de 90%. A economia no local já afetou todos os moradores. A chuva, tão pedida através das orações, é a única esperança.

Fotos André Araujo