Fotos mostram todo o cenário do local.

Bombas da Estação de Tratamento de Esgoto

Estação de Tratamento de Esgoto

Moradores construíram barramentos ilegais

Galhos são jogados  no leito do riacho

Em resposta à matéria “Esgoto do condomínio residencial Águas Claras escorre por Rio que hoje está poluído”, postada neste blog, a Embasa esclarece que o efluente lançado pela empresa no riacho da Cachoeirinha é tratado e atende aos padrões estabelecidos em norma do Ministério do Meio Ambiente.

Para lançar o efluente ao meio ambiente dentro dos padrões exigidos, a Embasa dispõe no conjunto residencial de uma estação de tratamento de esgoto adequada e em pleno funcionamento, capaz de reduzir em mais de 95% da matéria orgânica presente nos esgotos coletados após o tratamento. O monitoramento da qualidade do efluente lançado no riacho é realizado diariamente pelo setor de esgotamento sanitário da empresa.

Riacho Poluído

 

Durante inspeção minuciosa realizada ao longo das margens do riacho, técnicos da Embasa puderam constatar que a poluição do manancial é causada pelo lançamento ilegal de resíduos sólidos e esgotos domésticos, além do desmatamento desenfreado realizado por moradores no local. Galhos secos e outros resíduos têm impedido o curso normal das águas, gerando interferências no ecossistema e degradando o meio ambiente.

Att

Adriano Aleixo

Assessoria de Comunicação da Embasa

Unidade Regional de Senhor do Bonfim

74 – 3541 8400

74- 99129 3746 (Tim/WhatsApp)

74- 98110 6858 (Claro)