1

O Deputado Estadual Adolfo Menezes (PSD-BA) foi entrevistado no final da tarde desta  sexta-feira (20), pelo site Campoformosonoticias. O deputado falou sobre os desafios da nova gestão, da prefeita Rose Menezes, e respondeu as acusações feitas pela oposição ao site Bahia Noticias dentro de município de Campo Formoso.

Temos uma grande missão em nossas mãos, pois nossa cidade vem de gestões malsucedidas, mas a prefeita Rose junto ao nosso grupo, com austeridade, organização, profissionalismo e trabalho transformará a nossa cidade. No início é sempre difícil, mas tudo vai dar certo, estamos trabalhando dia e noite para as coisas acontecerem” afirmou o deputado.

O parlamentar foi questionado sobre as acusações da oposição de utilizar decretos emergenciais para dispensar licitações. “ Quem faz malandragem acha que todo mundo é igual, o decreto de emergência é para demonstrar a gravidade do estado financeiro e administrativo do município, com muitas dívidas e problemas. Quem assiste os jornais vê que mais de 70% dos municípios do país estão decretando emergência. Pelo decreto podemos em casos excepcionais usar a dispensa de licitação, mas não o faremos, alguns contratos já estavam aditivados pela gestão anterior, e os novos seguirão o devido processo legal das licitações. Somente um decreto de calamidade pública referendado pelos governos do estado e federal é que daria validade para fuga do processo licitatório, portanto antes de fazer oposição temos que nos informar, ou então será uma oposição cega” respondeu Adolfo.

O deputado ainda disse que a gestão atual nunca negou a existência da comissão de transição, porém afirmou que o fato de ter comissão não significa dizer que a “transição aconteceu da forma correta e nem que todos os dados foram passados nos prazos devidos“.

.

Redação Campo Formoso Noticias