Lá pelo século V (a.C.), um titã chamado Prometeu resolveu roubar o fogo sagrado de Zeus para entregar aos homens. Graças ao gatuno, a humanidade adquiriu conhecimento em todas os segmentos, incluindo esporte. Nem Zeus imaginaria que, séculos depois, esta chama da sabedoria, conduzida numa tocha, invadiria a Bahia pela BR-101 e entraria em Teixeira de Freitas, primeiro município baiano que recebe o símbolo da Olimpíada do Rio 2016, hoje.

tocha

A chama de Zeus passou a ser o símbolo principal dos Jogos e percorrerá todo o Brasil até chegar ao Rio de Janeiro, dia 5 de agosto, na abertura da competição. Na Bahia, começa às 9h de hoje e só termina no próximo dia 27, em Paulo Afonso. Neste primeiro dia da tocha no estado, serão 500 quilômetros percorridos, com 93 condutores espalhados por Teixeira de Freitas, Itamaraju, Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, com breve visita ao distrito de Arraial D’Ajuda, todos no Extremo Sul baiano.

No final do dia, a chama troca a tocha pela pira, em Porto Seguro, às 20h30, na Passarela do Descobrimento, mais conhecida como Passarela do Álcool. Será a primeira  celebração entre as sete na Bahia. Outros seis municípios terão eventos culturais e abrigarão a chama olímpica por uma noite: Vitória da Conquista, Ilhéus, Valença, Salvador, Senhor do Bonfim e Paulo Afonso. A tocha estará em Salvador no dia 24.

Em Teixeira de Freitas serão 32 revezadores, entre indicados pela prefeitura local, figuras públicas da região, além de selecionados pelos patrocinadores do evento. Por questão de segurança, a primeira pessoa a conduzir a tocha em solo baiano não foi divulgada pelos organizadores. Haverá uma reunião hoje, às 8h30, para traçar o plano.

Na primeira fase da tocha, serão 6,5 quilômetros em Teixeira. Depois, a comitiva segue para Itamaraju, de carro, onde percorre pouco mais de dois quilômetros pela segunda cidade do dia. Após isso, a tocha chega na Costa do Descobrimento, iniciando por Santa Cruz Cabrália. Lá, às 18h, a primeira representante indígena do estado, a pataxó Luena Santos, levará a tocha.

Em Porto Seguro, o também pataxó Raoni Vieira Braz é o primeiro no revezamento do município e será acompanhado por outros 50 índios. Serão 33 revezadores em Porto Seguro. Depois da celebração durante a noite, a tocha segue para Eunápolis, amanhã. Até o dia 27 de maio, cerca de 650 representantes baianos terão a responsabilidade de manter a chama de Zeus acesa.

Curiosamente, a tocha fará um bate-volta entre Bahia e Pernambuco. A chama olímpica se despede da Bahia em Sobradinho e segue para cinco cidades do sertão pernambucano: Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Cabrobó. Depois, bate saudade da Bahia e retorna a Paulo Afonso, onde se despede com um bom forró baiano. No dia seguinte, vai para Canindé do São Francisco, em Sergipe.

Ingressos
Uma nova carga de ingressos para as finais do basquete e do atletismo nos Jogos Olímpicos será disponibilizada no site do Rio 2016, hoje, a partir das 12h. A natação também volta à venda com ingressos para todas as sessões. Os tíquetes podem ser comprados através do site rio2016.com/ingressos.

A Tarde