A batalha travada entre a Rede Globo e o Esporte Interativo pelos direitos de transmissão dos clubes brasileiros, a partir de 2019, parece estar apenas no começo. Depois da empresa norte-americana alfinetar a ‘rival’ por causa da não exibição de uma partida do Bahia, além da ocultação de gols do clube em telejornais, foi a vez da emissora global contra-atacar.

Em um comunicado enviado ao “Na Telinha”, a Globo rebate as acusações do Esporte Interativo e relata que não exibiu o jogo do Tricolor porque não teve autorização do próprio clube para transmiti-lo para a capital. Além disso, a emissora global ressalta que sua afiliada, a TV Bahia, já exibiu sete jogos do Esquadrão na TV aberta neste ano.

Por fim, a Rede Globo criticou a empresa norte-americana, afirmando que a emissora quer “inflamar a torcida” e “criar instabilidade no cenário de negociações do futebol”.

Leia o comunicado na íntegra:

“O futebol brasileiro sempre mereceu da Globo um tratamento amplo, equilibrado. A Globo respeita os torcedores de todos os clubes, inclusive a imensa e apaixonada torcida do Bahia. Só nestes dois primeiros meses do calendário do futebol, já exibimos sete jogos do Bahia na TV aberta, entre partidas do Estadual Baiano e da Copa do Nordeste. Os telejornais locais dão, diariamente, grande cobertura aos jogos e ao dia a dia do clube.

No caso específico do jogo de domingo, a Globo só não exibiu a partida do Baiano porque não teve autorização do próprio clube para transmiti-la para a capital. A TV Bahia ainda tentou um acordo com o clube, mas não conseguiu. E, como era inviável fazer a operação de duas partidas, uma exclusiva para capital e outra para o interior, acabou optando pela transmissão do jogo entre Vitória da Conquista e Colo Colo para todo o estado. O Premiere já tinha optado por Vitória x Flamengo de Guanambi.

E sugerir que estamos escondendo o clube por questões de contrato é tão insustentável que, na quarta-feira, o jogo exibido pela TV Bahia foi mais uma partida do clube, Fortaleza x Bahia, pela Copa do Nordeste. Em relação aos gols no Fantástico e Jornal da Globo, a justificativa é simples. Nos telejornais de rede, o conteúdo esportivo é parte do noticiário geral, que anda bem carregado ultimamente. Portanto, gols de outros clubes, não só do Bahia, muitas vezes ficam de fora. Mas os telejornais e programas esportivos cumprem bem esse papel em cada região do país.

Há explicações, portanto, para que o jogo do Bahia não tenha sido transmitido no domingo passado. A Globo respeita os clubes, respeita os contratos e, acima de tudo, respeita a paixão do torcedor que quer acompanhar o seu time. Não considerar as explicações só tem o objetivo de inflamar a torcida e criar instabilidade no cenário de negociações do futebol, o que não contribui para a transparência e o desenvolvimento do futebol”.

Galáticos On Line