Faculdade 1Faculdade 2Faculdade 3
Representantes da classe médica e de setores diversos do município e da 
região atenderam ao convite do prefeito Edivaldo Martins Correia para 
participar de uma reunião com técnicos do Ministério da Educação, com o 
objetivo de destacar a importância da vinda da faculdade de Medicina 
para Senhor do Bonfim.
 
Os técnicos Alberto Ramos e Sheyla Ribeiro realizaram visitas in loco 
para verificar se as condições de oferta possibilitam a autorização de 
um novo curso de medicina na localidade de acordo com o Edital nº 1/2015 
– Programa Mais Médicos.
 
UNANIMIDADE
 
Médicos reconhecidos na cidade, como o Cardiologista Dr. Roberto Micol, 
a ginecologista e obstetra Jamile Carneiro, o Dr. Nilton Cabral e o 
renomado Dr. Gustavo Rocha foram unânimes ao defender a vinda da escola 
de medicina. “´É inegável o avanço e o progresso para a região com a 
vinda da faculdade de Medicina; é a oportunidade de jovens médicos 
trocarem conhecimentos com médicos mais experientes na busca de 
atendimento com excelência e qualidade. Devemos lutar sim por essa 
chance de fazermos de Senhor do Bonfim e região o pólo educacional que 
já foi um dia”, destacou o Dr. Gustavo.
 
O prefeito e médico pediatra Dr. Edivaldo Correia também reiterou a 
importância da chegada de uma faculdade de Medicina. “Com a vinda desta 
faculdade não se melhora só a saúde. Melhora o comércio, porque há um 
aumento da população e do consumo; melhora a educação, que buscará 
excelência no aprendizado desde a base, além de podermos conviver com 
nossos filhos, netos, sobrinhos, que não precisarão ir morar em outros 
lugares para conquistar o Ensino Superior.
 
EXPECTATIVA
 
A técnica Sheyla destacou que apesar de algumas deficiências 
estruturais, a região tem uma possibilidade considerável de alcançar o 
pleito. “Nós não temos o poder para dizer se o município será aprovado 
ou não; nesta etapa, faremos apenas um relatório descritivo de tudo o 
que vimos aqui e na região e o MEC irá avaliar se vocês estão aptos ou 
não; O que eu posso afirmar é que a palavra favorável da comunidade será 
levada em consideração, porque é o que estamos percebendo hoje: vários 
segmentos e todas as cidades da região unidas pelo bem comum”, frisa.
 
Alberto Ramos ressaltou que pensar nos benefícios para a região é o 
caminho correto. “O benefício não será somente para Senhor do Bonfim, 
será para todo o território, por isso acredito ser de extrema 
importância a presença aqui de representantes dos outros municípios, 
demonstrando que todos sabem do salto de desenvolvimento que a região 
terá.
 
PRESENÇA
 
Além da presença de diversos médicos, a reunião contou também com o 
prefeito Antônio Nascimento, de Jaguarari, de representantes da cidade 
de Campo Formoso, Filadélfia e Pindobaçu; do presidente da Associação 
Comercial de Senhor do Bonfim, Anfilófio Freitas (Bó), da Secretária de 
Educação de Senhor do Bonfim, Eline Sobreira e de Saúde, Ana Laura Curci 
e representantes de entidades, sindicatos e comércio local e regional.
 
  Representantes da classe médica e de setores diversos do município e da 
região atenderam ao convite do prefeito Edivaldo Martins Correia para 
participar de uma reunião com técnicos do Ministério da Educação, com o 
objetivo de destacar a importância da vinda da faculdade de Medicina 
para Senhor do Bonfim.
 
Os técnicos Alberto Ramos e Sheyla Ribeiro realizaram visitas in loco 
para verificar se as condições de oferta possibilitam a autorização de 
um novo curso de medicina na localidade de acordo com o Edital nº 1/2015 
– Programa Mais Médicos.
 
UNANIMIDADE
 
Médicos reconhecidos na cidade, como o Cardiologista Dr. Roberto Micol, 
a ginecologista e obstetra Jamile Carneiro, o Dr. Nilton Cabral e o 
renomado Dr. Gustavo Rocha foram unânimes ao defender a vinda da escola 
de medicina. “´É inegável o avanço e o progresso para a região com a 
vinda da faculdade de Medicina; é a oportunidade de jovens médicos 
trocarem conhecimentos com médicos mais experientes na busca de 
atendimento com excelência e qualidade. Devemos lutar sim por essa 
chance de fazermos de Senhor do Bonfim e região o pólo educacional que 
já foi um dia”, destacou o Dr. Gustavo.
 
O prefeito e médico pediatra Dr. Edivaldo Correia também reiterou a 
importância da chegada de uma faculdade de Medicina. “Com a vinda desta 
faculdade não se melhora só a saúde. Melhora o comércio, porque há um 
aumento da população e do consumo; melhora a educação, que buscará 
excelência no aprendizado desde a base, além de podermos conviver com 
nossos filhos, netos, sobrinhos, que não precisarão ir morar em outros 
lugares para conquistar o Ensino Superior.
 
EXPECTATIVA
 
A técnica Sheyla destacou que apesar de algumas deficiências 
estruturais, a região tem uma possibilidade considerável de alcançar o 
pleito. “Nós não temos o poder para dizer se o município será aprovado 
ou não; nesta etapa, faremos apenas um relatório descritivo de tudo o 
que vimos aqui e na região e o MEC irá avaliar se vocês estão aptos ou 
não; O que eu posso afirmar é que a palavra favorável da comunidade será 
levada em consideração, porque é o que estamos percebendo hoje: vários 
segmentos e todas as cidades da região unidas pelo bem comum”, frisa.
 
Alberto Ramos ressaltou que pensar nos benefícios para a região é o 
caminho correto. “O benefício não será somente para Senhor do Bonfim, 
será para todo o território, por isso acredito ser de extrema 
importância a presença aqui de representantes dos outros municípios, 
demonstrando que todos sabem do salto de desenvolvimento que a região 
terá.
 
PRESENÇA
 
Além da presença de diversos médicos, a reunião contou também com o 
prefeito Antônio Nascimento, de Jaguarari, de representantes da cidade 
de Campo Formoso, Filadélfia e Pindobaçu; do presidente da Associação 
Comercial de Senhor do Bonfim, Anfilófio Freitas (Bó), da Secretária de 
Educação de Senhor do Bonfim, Eline Sobreira e de Saúde, Ana Laura Curci 
e representantes de entidades, sindicatos e comércio local e regional.
 
 
 
-- 
ASCOM
Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim
Praça Juracy Magalhães, Sn, Centro
Telefone: (74) 3541-8324 | (74) 9992-9908 | Ouvidoria 0800-284-1616
www.senhordobonfim.ba.gov.br | www.pmsb.ba.gov.br