CimconCimcon 1Cimcon 2

Para garantir mais agilidade no atendimento policial à população de Senhor do Bonfim e microrregião, o 6º Batalhão de Polícia Militar inaugurou, na tarde desta sexta-feira (24), o Centro Integrado de Comunicações (CICOM), décimo primeiro instalado no Estado.

O CICOM vai centralizar chamadas e atendimento de três serviços de emergência :190 (Polícia Militar),197 (Polícia Civil) e 193 (Bombeiros)de toda a microrregião do Piemonte Norte do Itapicuru e adjacências. No total, 17 atendentes dentre policiais militares, civis e bombeiros trabalharão 24 horas por dia em regime de plantão. A unidade conta ainda com uma Central de Vídeo- Monitoramento com 11 câmeras espalhadas pela cidade.

De acordo com o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, “o novo Cicom representa uma melhora na gestão dos nossos meios e celeridade na prestação do serviço público, na ponta. Além disso, traz um estímulo muito grande para o trabalho dos profissionais das polícias de toda a área”.

O evento contou também com a participação do Comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, Anselmo Brandão, que ressaltou a importância do Cicom na redução dos índices criminais da região.  “O Cicom significa um incremento no poder de resposta da Polícia Militar, contando sempre com o apoio da comunidade, fazendo o papel de denunciar os delitos, para que possamos reduzir os índices criminais em Senhor do Bonfim e região”, destacou.

O Secretário de Administração da Prefeitura de Senhor do Bonfim, Hélio Alves Gondim, esteve representando o prefeito Edivaldo Martins Correia e, como coronel da reserva da Polícia Militar, salientou que a instalação da Cicom representa um avanço considerável na relação entre Polícia e comunidade, além contribuir na agilidade do trabalho dos instrumentos de Segurança Pública.

O Cicom de Senhor do Bonfim funciona na parte interna do 6º Batalhão de Polícia Militar, localizado à Rua General Osório, 14,Centro.

 

A unidade, localizada na área interna do 6º Batalhão da Polícia Militar, beneficiará cerca de 700 mil pessoas, que terão o tempo de resposta reduzido para o atendimento de chamadas, melhorando consideravelmente o trabalho das polícias