A Câmara Municipal de Senhor do Bonfim, discutiu  e aprovou,nesta terça-feira, dia 16, o plano Municipal de Educação PME através do projeto de lei de nº 13.005/2014.

A secretária de Educação do Município, professora Eline Sobreira, esteve na Câmara Municipal, para apresentar aos vereadores o PME, plano Municipal  de Educação.

O plano Municipal de Educação, aprovado na noite desta terça-feira, dia 16, terá uma duração de 10 anos a contar  da sua publicação.

Diretrizes do Plano:

01 – Erradicação do analfabetismo;
02 – Universalização do atendimento escolar;
03 – Superação da desigualdade educacionais, com ênfase na promoção da cidadania e na erradicação de todas as formas de discriminação;
04 – Melhoria na qualidade de ensino;
05 – Formação para o trabalho e para a cidadania, com ênfase nos valores morais  éticos em que se fundamenta a sociedade;
06 – Promoção do principio da gestão democrática da educação publica;
07 – Promoção Humanística, cientifica, cultura e tecnologias do País;
08 – Estabelecimento de metas de aplicação de recursos públicos em educação como proporção do Produto Interno Bruto-PIB, que assegure atendimento ás necessidades de expansão, com padrão de qualidade;
09 – Valorização dos (as) profissionais da educação;
10 – Promoção dos princípios de respeito aos direitos humanos, à diversidade e á sustentabilidade socioambiental.

Alunos têm que apreender amar e respeitar

O Padre Darlan Santos, foi convidado para fazer uso da palavra sobre o plano Municipal de educação e a importância da preservação da ideologia de conservar os princípios morais da sociedade e que na educação, deve ser conservada e implantada.

O Padre falou ainda sobre a tentativa de descaracteriza o caráter da criança na sociedade atual com desejo de confundir a origem da procriação e que isto é muito perigoso em um plano de educação e que pode trazer conseqüências irreparáveis, pois desrespeita a natureza humana. O padre disse ainda que o jovem tenha que aprender a amar e conviver com os diferentes e não de forma induzida, pois a família é um patrimônio da humanidade. O Projeto foi discutido e aprovado por unanimidade.

*Por Assessoria de Comunicação
Câmara Municipal de Senhor do Bonfim