José Carlos Matos da Silva, 32 anos, foi preso n aúltima sexta-feira (20),por uma equipe de policiais da 16ª Coorpin, acusado de ter assassinado Cirineu Silva Lima, 53 anos, no município de Caldeirão Grande. José Carlos teria utilizado um pedaço de madeira para ceifar a vida do Cirineu, tentando também conta Catia Sirlene Alves Passos.

A prisão foi coordenada pelo Bel. Antônio Eduardo dos Santos Brito e comandada pelo DPC Cezar Romero Regis de Souza, titular da delegacia de Caldeirão Grande.

José Carlos é acusado de ser o mentor do latrocínio, fato registrado no dia 15/12/2014, na Fazenda Contendas. A polícia segue nas investigações.

Fonte: Augusto Urgente