LOGO-nota-de-esclarecimento
Em virtude de nota divulgada pelo SIND+ SAÚDE nos blogs da região 
sobre as demissões que estão acontecendo durante esta terça e 
quarta-feira (20 e 21 de Janeiro) no quadro funcional do Hospital Dom 
Antônio Monteiro, a Direção Administrativa do Hospital vem a público 
esclarecer que:
Desde a reunião que aconteceu perante o Ministério Público com a 
participação da Secretaria de Saúde, do Procurador Jurídico do 
Município, da Direção daquela Casa de Saúde, de funcionários e 
representantes do SIND+SAÚDE que culminou com a finalização do movimento 
grevista, ficou acordado através de assinatura de termo de ajuste de 
conduta (TAC) que o Hospital Dom Antônio Monteiro teria que enxugar suas 
despesas para conseguir pagar aos seus funcionários. Uma das soluções 
encontradas foi a demissão de forma linear, ou seja, corte em todos os 
setores do Hospital de forma igualitária. A prioridade de corte seria de 
aposentados e funcionários que possuem dois vínculos. Na medida do 
possível, isso foi feito.
Ocorre que em alguns setores não há funcionários com essas 
características e infelizmente, para respeitar o CORTE LINEAR, tiveram 
que ser demitidos. O fato é que após a reunião com o Ministério Público, 
o Sindicato tinha CIÊNCIA de que as demissões teriam que acontecer. Em 
nenhum momento a direção daquela casa foi arbitrária ou ainda “zombou” 
de funcionários, como foi alegado em nota do SIND+SAÚDE. A Direção sabe 
que a situação é delicada, porém necessária, pois está cumprindo com o 
acordo feito através do Termo de Ajuste de Conduta (TAC). Informamos 
ainda que todos os contratos serão extintos até o final deste mês de 
Janeiro.
A situação financeira do Hospital Dom Antônio Monteiro é conhecida pela 
população bonfinense, que sofre diretamente há muitos anos com a 
precariedade de serviços. Na tentativa de diminuir esses impactos, desde 
2013, a Administração Municipal aumentou o aporte financeiro que repassa 
àquela Casa de Saúde, porém, mesmo assim o dinheiro é insuficiente, 
pagando com dificuldade a folha de funcionários. Com a exigência do 
SIND+ SAÚDE pelo aumento dos data-bases referentes a 2013, 2014 e 2015, 
tivemos um ônus de quase R$ 70.000 na folha de pagamento, levando-nos a 
soluções drásticas como as demissões na tentativa de reduzir as nossas 
despesas.
Mesmo com todos estes problemas, o Hospital Dom Antônio Monteiro tem 
lutado dia após dia para atender a cada cidadão que precisa dos seus 
serviços. Pedimos desculpas pelos transtornos e informamos que estamos 
buscando alternativas para que não deixemos de servir à população. 
Reiteramos o nosso compromisso e, sobretudo, nosso respeito a todos os 
nossos funcionários.
 
 
 
 
-- 
ASCOM
Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim
Praça Juracy Magalhães, Sn, Centro
Telefone: (74) 3541-8324 | (74) 9992-9908 | Ouvidoria 0800-284-1616
www.senhordobonfim.ba.gov.br | www.pmsb.ba.gov.br