Matéria do Taza.Com.Br

A Justiça Eleitoral da Comarca de Campo Formoso acatou o Mandado de Segurança Impetrado por vereadores da oposição e definiu como irregulares as portarias da presidência da Câmara de Vereadores que cancelaram a sessão desta terça-feira, 9 de dezembro de 2014, onde haveria eleição para escolha do novo presidente da casa. (Confira matéria do Taza sobre o cancelamento da sessão)

A justiça determinou também que a sessão seja realizada na próxima segunda-feira, 15 de dezembro, e que para evitar tumultos a presença da polícia seja requisitada. O Juiz definiu  também que caberá ao presidente da Câmara dirigir a sessão, porém, para efetivação da realização, que na ausência deste o primeiro secretário o substitua e na ausência do último, que o segundo secretário presida a sessão realizando a eleição para novo presidente. Confira o documento abaixo.

Matéria relacionada – Em frente à Câmara fechada, oposição fala com população e critica cancelamento da sessão