Uma suposta amante teria sido o principal motivo pelo qual levou uma mulher a matar o marido e se matar logo em seguida. O crime passional aconteceu na cidade de Juazeiro, na manhã desta quarta-feira (26).

 

 

 

Ivan PM

 

 

 

Em carta deixada a família, a mulher confessa o assassinato, seguido de suicídio, contando ainda que o que a teria motivado pelo crime seria a existência de outra mulher, suposta amante do soldado e marido, Ivan. Além disso, ela explica que o motivo pelo qual se matou seria por não conseguir viver sem ele, tirando assim, sua própria vida.

“Quero pedir perdão a todos pelo ato de desespero. Mas se eu não podia ficar sem ele, ela também não…Ela destruiu meu casamento mais com ele, ela não fica (sic)”, escreveu.

Ainda na carta, a mulher pede perdão a família, conduz a mãe a como pagar as dívidas e ainda implora por cuidados à filha do casal: “Cuidem bem de Bel mãe, por favor. Dê a ela o amor que faltou da minha parte..Bel se cuide Te amo (sic)”.

Após matar o marido enquanto dormia, a mulher entrou em contato com a família, trancou a filha no quarto e cometeu o suicídio.  A criança de nome, Belinha, foi encontrada em estado de desespero. O crime aconteceu na Rua Pedro Ferreira Nunes, no bairro José Geraldo da Cruz. (*Com informações do Bocão News)

Confira a íntegra da carta:

Carta 1

Carta