caixa_dagua extra

Os vazamentos na rede interna de um imóvel são a principal causa do aumento repentino na marcação do hidrômetro. Na maioria das vezes, o aumento no consumo está associado a um vazamento não aparente, quando o usuário não consegue identificar à primeira vista o aparecimento do problema relacionado às instalações internas do imóvel ou a uma mudança de hábito na residência (visitas, aumento do calor, reforma, etc.).

A conservação e manutenção das instalações internas dos imóveis são, de acordo com a legislação vigente, de inteira responsabilidade dos usuários dos serviços. O limite de responsabilidade da Embasa se encerra no ponto de entrega do serviço de fornecimento de água (até a caixa do hidrômetro).

Para detectar os vazamentos não visíveis, é importante observar o funcionamento do hidrômetro e se há manchas de umidade na parede. Se o marcador do hidrômetro continuar girando mesmo com todas as torneiras do imóvel fechadas, significa que há vazamento.

Caixas d’água, descargas e torneiras pingando também são sinais de prejuízo e desperdício. Torneiras com defeito, válvulas de descargas e boias dos reservatórios desreguladas ou quebradas provocam os vazamentos mais fáceis de identificar, pois são visíveis. Além disso, as descargas acopladas gastam menos água.

É fundamental consertar os  vazamentos de imediato, assim que forem descobertos, pois quanto mais rápido o problema for resolvido, mais rapidamente o usuário retornará à sua faixa normal de consumo, evitando o desperdício. A Embasa adota o modelo progressivo de cobrança pela água distribuída por faixas de consumo, o que acaba beneficiando o usuário que consome menos. A partir do consumo de 10 mil litros de água no mês, quanto menor for o volume de água excedente utilizado no imóvel, menor será o valor pago na conta.

Hidrômetro

O hidrômetro é o instrumento que mede o consumo da água do imóvel. Antes de ser instalado, o hidrômetro passa por vários testes de resistência física e de confiabilidade de medição validados pelo Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro).

A leitura do hidrômetro é realizada uma vez por mês, sempre no mesmo dia ou em datas próximas. Os leituristas registram o valor indicado no marcador e apenas os números pretos são considerados na leitura, indicando a quantidade de água consumida em metros cúbicos (equivalente a mil litros). Os números vermelhos não são considerados na cobrança.

O consumo mensal é representado pela diferença entre a leitura atual e a leitura obtida do mês anterior. Para manter o controle sobre o consumo de água no imóvel, uma boa dica é acompanhar diariamente a evolução da marcação do hidrômetro.

Se a conta de água apresentar um valor muito alto, o usuário deve verificar o período de leitura ao qual ela se refere e observar se houve alguma mudança na rotina do imóvel que possa ter provocado o aumento do consumo. Se não houver nada que justifique esse aumento, o problema pode ser um vazamento.

Se não forem encontrados vazamentos ou nada que justifique o aumento de consumo de água, o usuário deve ligar para a Central de Atendimento da Embasa (0800 0555 195) e pedir uma análise do consumo. Caso seja necessário, o hidrômetro será aferido.

 

Att



Adriano Aleixo

Assessoria de Comunicação da Embasa

Unidade Regional de Senhor do Bonfim
74 – 8110 6858
74 – 9129 3746