A professora Maria Glória da Paz, mãe de Edigar da Silva Passos Paz, que foi assassinado na madrugada desse domingo (22) ao sair de uma festa em Bonfim, fez um desabafo emocionado no Facebook.

“Aos assassinos do meu filho eu desejo que Deus em sua infinita misericórdia nunca os deixe passar pela DOR que nós estamos passando agora. Que os seus filhos sejam os mais saudáveis, que lhes deem muitas alegrias, que a sua velhice seja tranquila, feliz e sem as marcas que nós ora carregamos. Voces, assassinos do meus filho, que se imaginam “PAPO CABEÇA”, nunca saberão o que e ter sonhos interrompidos, não saberão o que é passar trinta anos construindo uma pequena e decente historia, de lutas, superações e respeito a vida do outro, pois, passaram um bom tempo de suas vidas cultuando ódio, planejando e praticando o mal para os outros. Vcs meninos bonitos, de alma triste e encoberta pelo ódio, nunca saberão o que é a dor de uma mãe que acaba de perder um filho, morto numa ação fria e calculada; pois as mães de vcs estão a sentir dor por terem dado a luz á criaturas tão infelizes, doente e tão frias quanto vcs. Que a luz do meu filho se multiplique, que o sangue por ele derramado seja transformado em luz, em vida e em bons sentimentos para todos nós, e que este doloroso acontecimento nos ajude a repensar que sociedade queremos e que homens estamos parindo e somando para a vida!

Bonfim Agora