complexo

Na manhã de ontem, segunda-feira (19) os detentos da custódia de Senhor do Bonfim se recusaram a aceitar o café da manhã oferecido diariamente pelo Governo, e na hora do almoço novamente repetiram o ato de repúdio e não aceitaram a marmita, em resposta as sanções que eles estão passando depois que o SINDIPOC ordenou o fim da custódia por parte dos investigadores que estavam trabalhando em uma área na qual não é atribuída a polícia civil.

Diante da recusa deu-se inicio ainda ao meio dia o primeiro motim, quando algumas celas foram destruídas no interior da delegacia, sendo logo contida com o apoio da PM. Durante a tarde outro motim aconteceu com maior intensidade no complexo, sendo necessário a presença de cães da guarnição CETO – Companhia Especializada Tático Operacional.

De acordo com Delegado Dr. Felipe Neri, após conter os ânimos dos custodiados, houve um saldo negativo de dano a patrimônio público de 5 (cinco) celas depredadas, “a situação está critica, o pavilhão pequeno já destruíram cinco celas, não temos onde colocá-los, então isso trás um acumulo de presos em celas pequenas e ainda tivemos de redistribuir os presos dessas cinco celas com as demais que já estão lotadas piorando ainda mais a super lotação, agora é aguardar, essa é a posição do SINDIPOC e os policiais estão cumprindo” disse Dr. Felipe, que continuou dizendo “você não pode dizer que a sociedade bonfinense foi contra a vinda da casa de custódia, porque na audiência na Câmara Municipal havia em torno de 30 a 50 pessoas, Senhor do Bonfim tem 80 mil habitantes, você não pode dizer que 50 pessoas representa 80 mil habitantes, isso não é democracia, isso é a minoria de uma minoria, inclusive naquela ocasião Bó presidente da ACIASB me ligou no sábado, dizendo que estava com um pessoal do povoado de Limões comprando na sua loja e que o pessoal estava dizendo que quer a casa de custódia lá sim, porque não tem segurança hoje como está o complexo policial e com a casa de custódia eles passarão a ter segurança, hoje não é que é fuga é que rebelião é esse tipo de situação que está acontecendo aqui, colocando em risco a sociedade em volta do complexo policial, inclusive o Limões, então não podemos dizer que foi a sociedade bonfinense não, meia dúzia de pessoas que conseguiram fazer com que não viesse a casa de custodia, e agora estamos com todo esse problema que foi antecipado, e foi dito em audiência pública, foi dito na imprensa, foi dito em todo local o problema que iria ser quando isso estourasse”.

Ainda na conversa o Delegado Dr. Felipe Neri disse que não vem acompanhando como está a situação sobre a vinda da casa de custódia, se afastou dessa demanda, disse que não é demanda da policia civil investigar em não tomar conta de preso, segundo o delegado, os gestores responsáveis por essa situação é que devem responder agora por tudo o que acontecer, e finalizou dizendo “eu não sei como está a situação, não posso adiantar se vem ou se não vem, como vai ficar como não vai ficar, nós estamos aqui tentando resolver a situação desta rebelião que está acontecendo, não sabemos se vai ter mais, se não vai ter como vai se comportar, o que vai acontecer. Ai é como eu te digo o futuro pertence a Deus”.


Maravilha Notícias