logomarca_alta_embasa_color extra

 Em Itiúba associações de bairros irão à justiça pedir a suspensão do pagamento de contas da Embasa porque não estão recebendo água na torneira. O governado Jacques Wagner (PT) passou atestado de incompetência por que não conseguiu tirar a Embasa da liderança de reclamações entre os consumidores de todo o estado da Bahia, enquanto que a preocupação do governo é com a publicidade da Embasa, confeccionando revistas, bancando patrocínio de times de futebol, o povo da Bahia inteira sofre com os descasos em suas cidades. É nítido você ouvir reclamações em todas as emissoras de rádio existentes nas regiões do Sisal (Serrinha, Coité, Valente, Santa Luz, Queimadas, Nordestina, Cansanção, Itiuba), e região do piemonte do itapicuru (Ponto Novo, Filadélfia, Sr Bonfim, Capim grosso). O governo montou um esquema eleitoreiro onde nas cidades que passa promete melhorias no sistema de abastecimento, um exemplo disso é o município de Itiúba que ainda nas eleições de 2010, na reeleição de Jaques Wagner, ele esteve no município e assinou uma ordem de serviços para extensão da água da barragem da cidade de Ponto novo, passaram-se quase 4 anos e a empresa autorizada para a obra apenas colocou canos ligando Ponto novo a Itiuba faltando o resto do sistema e obra não chega a 40% da sua execução final. E a cara de pau dos governantes é tão grande que um pretenso candidato a reeleição a deputado estadual esteve na cidade dizendo que o governador iria finalizar a obra no mês de agosto, em pelo período eleitoral. Enquanto isso algumas ruas da sede do município chegam a ficar até 60 dias sem cair uma gota d’agua nas torneiras, obrigando os moradores a irem buscar água sem qualidade em tanques distantes da rua, ou ficar a mercê de pagar um carro pipa. O Sr Adriano Fonseca, assessor de comunicação da Embasa escritório regional em Senhor do Bonfim, foi entrevistado na Radio Abelha Dourada FM e disse em alto e bom som que os moradores que ficarem sem receber água em suas torneiras por pelo menos 15 dias estaria desobrigado de pagar suas contas. Diante disso os moradores pediram a gravação na radio para juntar as contas e através de 11 associações de bairros como; são Gonçalo 1 e 2, projeto sertanejo 1 e 2, alto do ginásio, Benjamin Constant, balança, corte, piaba, aabb e loteamento novo tempo, irão ingressar com uma ação civil publica junto ao ministério publico estadual para suspensão do pagamento das contas.

Edmilson Alves – Radialista DRT 5363/Ba

Compartilhe isso