Câmara de vereadores  de Caém/Ba

Informamos que atendendo a solicitação da APLB sindicato no ofício nº 020 do dia 17/03/2014, no qual o coordenador da APLB, solicitou espaço na Câmara de Vereadores na seção do dia 24 do corrente mês, para discutir o Projeto de Lei enviado pelo poder executivo que reajusta o Piso Nacional do Magistério Público para 2014. O presidente da Câmara de Vereadores, o Sr. Fábio de Queiroz Souza, respondeu no ofício nº 010/2014, que o espaço solicitado não será possível mediante o acúmulo de trabalhos em atraso por conta das duas seções que não foram realizadas anteriormente. (veja ofício em anexo).         

   Lembramos ainda que a proposta de reajuste de salário enviada à Câmara pelo poder executivo não foi discutida com a categoria (professores), por isso, faz-se necessário, uma discussão mais ampla por parte do sindicato junto ao poder legislativo. Conforme foi aprovado no I Fórum Educacional realizado no dia 24/02/2014, nas propostas  II, IV e V, as propostas referentes a reajuste ou a Plano de Cargo e Salário deverão ser discutidas com a representação sindical da categoria dos profissionais da educação, no entanto, a proposta que foi enviada a Câmara pelo Poder Executivo, para ser apreciada e votada não leva em consideração aquilo que nós mesmos concordamos e aprovamos no Fórum. Se o que 167 profissionais da educação concordou e aprovou por unanimidade não tem validade e não deve ser levado em consideração, pergunto: o que fizemos no Fórum?

A coordenação da APLB Sindicato estará presente na seção do dia 24/03/14 mesmo assim. Na oportunidade estará solicitando espaço na seção do dia 31/03/2014, dia em que o projeto de lei será votado. Na oportunidade convidamos os profissionais da educação, principalmente os professores para se fazerem presentes neste dia. Não se esqueçam de que é o nosso salário que está em jogo .Fonte: APLB de Caém