Dmtrans - Plotagem

Desde a última segunda-feira (10), a Diretoria Municipal de Trânsito iniciou a vistoria dos táxis que trafegam pela cidade.  A vistoria é o primeiro passo para expedir o alvará que permite ao motorista exercer a atividade de taxista no município, seguida da plotagem padrão determinada pelo DMTRANS.

 

Durante os primeiros dias, uma média de 50 automóveis já passou pelo órgão. “Primeiro eles chegam aqui, atualizamos os documentos, colocamos o selo de vistoria e encaminhamos para a gráfica para plotar o carro. Depois disso, voltam ao DMTRANS para pegar o alvará”, explica o coordenador Lelcio Pereira Neto.

 

A padronização dos carros de aluguel é prática em grandes cidades, a exemplo de  Guarulhos, em São Paulo e Brasília, Distrito Federal. A medida é uma forma eficiente de coibir e combater o transporte clandestino, facilitando a fiscalização e garantindo a tranqüilidade do taxista, que devidamente identificado, conquista a confiança dos clientes. Da mesma forma, os usuários sentem-se seguros com a certeza de que estão utilizando o serviço com seriedade.

 

A Sra. Maria do Carmo, professora aposentada e usuária ativa do serviço apóia a padronização: “Só ‘pego’ carro quando eu vejo que realmente é táxi, que tem placa vermelha, tudo certinho. Essa plotagem vai beneficiar ainda mais na hora da identificação, e com isso, nos proteger de infortúnios”, afirma Dona Maria do Carmo.

 

O DMTRANS estipula o prazo de 30 dias para que todos os taxistas de Senhor do Bonfim estejam com seus alvarás renovados e os carros plotados. Confira na imagem como os táxis ficarão: Faixa lateral nas cores vermelha, amarela e verde; número do alvará no canto traseiro do veículo; brasão do município; o nome “TAXI” e o símbolo do DMTRANS.

 

“Este é um trabalho coletivo: pedimos à população que colabore, utilizando táxis regulamentados pelo órgão e denunciando caso encontre uma eventualirregularidade”, finaliza Lelcio Pereira Neto.

 

 

ASCOM