Representantes do Ministério Público, Prefeitura, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, vereadores e espadeiros se reuniram na noite desta última quinta-feira (06) na Câmara Municipal de Senhor do Bonfim, onde discutiram sobre as regras para a Guerra de Espadas, que acontece no dia 23 de junho, durante o São João. Foram definidas as áreas onde ocorrerá a tradição junina, que ainda dependem de laudo do Corpo de Bombeiros, que será apresentado na próxima semana.

A guerra de espadas deverá acontecer nas seguintes ruas: Ruy Barbosa, Cotegipe, Costa Pinto, Mariano Ventura, Pedro Augusto de Oliveira, Antônio Vicente, Francisco Simas, Júlio Silva e Rua da Umburana. Esse trajeto foi feito pelos “espadeiros”, que tiveram o acompanhamento de representantes da Prefeitura e do Corpo de Bombeiros. Este último deverá emitir um laudo de aprovação nos próximos dias. Ficou definido ainda que não haverá a fogueira do prefeito e nem a guerra de espadas da Visconde do Rio Branco.

Para a realização da tradicional “guerra”, as partes envolvidas se comprometeram a fazer o possível para a realização do evento dentro das normas estabelecidas. Ficou certo que as ruas indicadas serão bloqueadas ao meio dia e a guerra terá seu inicio às 18h, sendo finalizada às 22h. Ao todo, serão 16 bloqueios.

“O Ministério Publico, agora, vai aguardar os laudos. Só pode haver guerra de espadas nos locais autorizados pelo Corpo de Bombeiro. O laudo deverá ser apresentado até o dia 10 de junho. Após a entrega, o Ministério Publico vai analisar. Se todos os locais forem aprovados, a prefeitura fará a regulamentação. Se houver a autorização e ocorrer algum problema por um defeito técnico na mesma, as pessoas responsáveis pela autorização serão responsabilizadas”, afirmou o promotor Gilbert Oliveira.

Exigências ao Corpo de Bombeiros:

· Produzirá o laudo após a vistoria das ruas que compõem o trajeto;
· Um efetivo de 30 homens estará de plantão para qualquer eventualidade.

Exigências à Prefeitura:

· 8 Brigadistas uniformizados na entrada de cada rua bloqueada com extintores classes “A,B e C” pó químico;
· Fechamentos das vias com tuneis sinalizados e com faixas de comunicação;
· Carro Pipa de apoio para auxiliar o corpo de bombeiros;
· Solicitação da embasa a realização da manobra para ativar o funcionamento do Hidrante da Rua Ruy Barbosa em caso de necessidade venha ser utilizado;
· Os serviços de saúde funcionarão em regime de plantão das 18h às 23h no dia 23/06.

Exigências à Policia Militar:

· A segurança e fiscalização nas imediações do circuito da guerra, evitando que as pessoas soltem espadas fora do circuito.

MAPAS

Bonfimagora