Na manhã dessa quinta-feira (16), aconteceu no Fórum da cidade de Saúde, o júri que teve como acusado o senhor Genivaldo Maia Alves, acusado de no dia 06 de outubro de 1996, na Praça Nova, centro, de Ponto Novo, ter dado uma facada no pescoço da vitima, de nome José Valdeir, por causa de uma corrida de cavalo.

Na acusação esteve a Promotora de Justiça, Drª. Rafaela Culla, que sustentou o crime de tentativa de homicídio qualificado.

Na defesa o advogado Pedro Cordeiro, sustentou a Legitima defesa, a qual foi acata pelos jurados, e que inclusive esse ano já realizou o seu 3º júri, sendo vitorioso em todos, completando assim 54 júris em sua carreira.

Presidiu o júri, Dr. Leonardo Bruno.